Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MANIFESTAÇÃO

Avenida Paulista tem protesto contra corrupção na política neste domingo

Avenida Paulista tem protesto contra corrupção na política neste domingo
30/07/2017 12:10 - G1


 

Manifestantes fazem protesto na Avenida Paulista contra corrupção na política e em apoio à operação Lava Jato na manhã deste domingo (30). O ato é realizado pelo movimento “Quero um Brasil ético”.

O ato foi convocado pelas redes sociais e defende o que os participantes chamam de uma faxina no Congresso. O protesto tem também como objetivo fazer uma pressão para que os deputados aprovem a continuidade do inquérito contra o presidente Michel Temer – a votação é na quarta-feira (2). Além disso, o protesto apoia a Operação Lava Jato e é contra o financiamento público de campanhas eleitorais.

O jurista Hélio Bicudo, um dos autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef, está no protesto. “Não é possível aguentarmos mais o que está acontecendo com o nosso país”, disse Bicudo durante o ato.

O também jurista Modesto Carvalhosa aproveitou o ato para lançar sua candidatura indireta à presidência da República. O humorista Marcelo Madureira, do Casseta e Planeta, discursou em cima do carro de som.

“A classe política há de perceber que hoje existe um divórcio, um abismo, entre os anseios da sociedade brasileira e a classe política que fica escondida, enfurnada em Brasília, achando que comanda este país”, disse Madureira. “Eles ficam lá na madrugada, combinando esquemas e negociatas para se apropriar do dinheiro público e se perpetuarem no poder”, completa.

O grupo está na altura da Rua Ministro Rocha Azevedo. Aos domingos, a avenida a Paulista já é fechada para carros.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!