Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INGLATERRA

Após revés em pleito, Theresa May perde
dois chefes de gabinete

10 JUN 17 - 13h:01FOLHAPRESS

Os dois chefes de gabinete da primeira-ministra britânica Theresa May anunciaram neste sábado (10) suas demissões após o revés eleitoral dos conservadores, que perderam a sua maioria absoluta no parlamento, a poucos dias do início das negociações sobre o Brexit.

"Assumo a minha responsabilidade por meu papel nessa campanha eleitoral, que era de supervisionar o programa", escreveu um deles, Nick Timothy, em uma carta publicada no site "ConservativeHome".

A outra conselheira principal de May, "Fiona Hill também pediu demissão", informou pouco depois um porta-voz do Partido Conservador. "Foi um prazer servir no governo e um prazer trabalhar com uma excelente primeira-ministra. Não tenho dúvidas de que Theresa May continuará a servir e trabalhar duro como premiê -e faça isso de forma brilhante", divulgou Fiona.

A posição de ambos, responsáveis pela campanha dos Tories -classificada de "catastrófica" por vários deputados conservadores-, tornou-se insustentável.

Segundo a imprensa britânica, pesos pesados do partido exigiram a demissão dos dois conselheiros a Theresa May, se ela quisesse evitar uma rebelião aberta.

Fiona Hill e Nick Timothy já haviam sido conselheiros de May quando ela era ministra do Interior, entre 2010 e 2016.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

BRASIL

Bolsonaro e Piñera rejeitam intervenção militar na Venezuela

BRASIL

Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento

Mais Lidas