Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MAUS-TRATOS

Após morte de cão, Carrefour terá de depositar R$ 1 milhão em fundo

16 MAR 19 - 08h:20FOLHAPRESS

O Ministério Público de São Paulo firmou um termo de compromisso com o Carrefour e o município de Osasco em função dos maus-tratos cometidos por um segurança contra um cachorro dentro de um supermercado da rede. As agressões causaram a morte do animal. As informações são da Agência Brasil.

Pelo acordo, o Carrefour assume a obrigação de depositar a quantia de R$ 1 milhão em um fundo a ser criado pelo município. Desse montante, R$ 500 mil serão destinados à esterilização de cães e gatos e R$ 350 mil, à compra de medicamentos para animais do Hospital Municipal Veterinário ou que estejam no canil municipal.

Os R$ 150 mil restantes serão destinados à aquisição e entrega de rações para associações, organizações não governamentais e demais entidades destinadas ao cuidado de animais na cidade de Osasco.

Caso o Carrefour descumpra o estabelecido, deverá pagar multa de R$ 1 mil por dia de atraso no cumprimento dos termos do acordo. O município, se não atender ao determinado, será alvo de investigação por ato de improbidade administrativa.

A Promotoria de Justiça é responsável pela fiscalização do acordo quanto à utilização e destinação do dinheiro por parte do Carrefour.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Após novo caso, Brasil perderá status de país livre do sarampo

BRASIL

Delegado da Baixada Fluminense atuará na 2ª fase do caso Marielle

BRASIL

Após elogios e concessões de Bolsonaro, Trump apoia entrada do Brasil na OCDE

BRASIL

Retorno a escola em Suzano tem terapia em grupo com pais e filhos

Mais Lidas