Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

UFC

Aldo precisa de toalha, mas bate
peso e confirma disputa de cinturão

2 JUN 2017Por Folhapress14h:00

 José Aldo e Max Holloway confirmaram a unificação de cinturão do peso-pena (até 65,8 kg). Na manhã desta sexta-feira (2), os dois lutadores conseguiram bater o peso e se credenciaram para a disputa principal do UFC 212, que acontece no próximo sábado (3), no Rio de Janeiro. O brasileiro, no entanto, precisou da toalha para conseguir superar a balança.

A pesagem, que teve início às 9h (horário de Brasília), tinha duas horas de duração, mas os dois protagonistas do evento precisaram de menos de 25 minutos para aparecerem e confirmarem o combate. Holloway chegou primeiro e, esbanjando confiança, cravou 145 libras (65,8 kg), o limite da categoria. Cerca de dez minutos depois foi a vez de Aldo, que precisou da "ajuda" da toalha para atingir o peso da divisão em que é campeão linear.

Na segunda luta mais importante da noite, Cláudia Gadelha e Karolina Kowalkiewicz também conseguiram superar a balança. A polonesa se pesou primeiro e ainda ficou abaixo do limite dos peso-palha feminino (até 52,2 kg), batendo 52,1 kg. Já a brasileira precisou da libra extra permitida para confirmar o duelo: pesou 52,6 kg.

Vale lembrar que, em lutas fora de disputa de cinturão, é permitido até uma libra (400 gramas) de sobrepeso. Em combates válidos pelo título da categoria, como Aldo e Holloway, os lutadores não devem pesar mais do que o peso permitido na sua divisão.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também