Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FEMINICÍDIO

Adolescente é morta a tiros pelo ex após ser expulsa de festa

14 ABR 19 - 13h:20G1

Uma adolescente foi assassinada a tiros na madrugada deste sábado (13) em Mirassol D'Oeste, a 329 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Militar e da Polícia Civil, Kendra Rayane de Carvalho, de 17 anos, foi morta em casa.

Um amigo dela, Halif Thiago dos Santos, de 25 anos, também foi baleado. O principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima. Ele foi identificado apenas como Ronaldo.

Segundo a polícia, Kendra foi para uma festa em um pub na companhia de amigos. Ronaldo teria chamado o segurança e denunciado que Kendra, que é menor de idade, estava na festa e pediu que ele a retirasse do local.

Kendra foi expulsa da festa e, acompanhada do amigo, foi para casa, no Bairro Jardim das Oliveiras.

A mãe da vítima contou à polícia que Ronaldo enviou várias mensagens para Kendra dizendo que iria matá-la.

De acordo com testemunhas, Ronaldo atirou quatro vezes contra as vítimas no momento em que o amigo deixava a adolescente em casa.

Três tiros acertaram Kendra e um tiro atingiu o tórax de Halif. A polícia foi chamada e encontrou a adolescente já sem vida. Halif foi levado por uma ambulância ao hospital da cidade e, posteriormente, encaminhado ao Hospital Regional de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Ronaldo fugiu e não foi encontrado. A polícia fez rondas, mas ele não foi preso. O suspeito já tem antecedentes criminais pelos crimes de lesão corporal e uso de droga.

Familiares e amigos lamentaram a morte da adolescente e pediram justiça em mensagens nas redes sociais. Ela deixa um filho pequeno.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRÓ-DEMOCRACIA

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

Área de Kowloon foi palco das piores cenas de violência
JAPÃO

Tufão Hagibis já deixou prejuízos de pelo menos US$ 527 milhões

Primeiro-ministro visitou áreas atingidas
SANTIAGO

Após incêndios, mortes e assaltos, Chile põe Exército nas ruas

Quase 10 mil membros das Forças Armadas estão nas ruas
Enem 2019

Perdeu a senha? saiba como recuperar cadastrando um novo e-mail

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião