Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CRÔNICA

"VERÃO 90"

A trama supera problemas de atualização e evidencia
a força de suas personagens femininas

11 JUN 19 - 13h:57GERALDO BESSA/TV Press

Idealizada como uma grande celebração dos anos 1990, “Verão 90” foi além das referências e soou realmente como uma novela do período ao longo de suas primeiras semanas. Uma trama bem mediana por sinal. Os cenários sem acabamento e as caracterizações pobres evidenciaram ainda mais o texto apenas funcional que marca a formação da dupla de autoras Izabel de Oliveira e Paula Amaral. O resultado inicial era muito aquém do poder de fogo já demonstrado por Jorge Fernando, diretor de grandes sucessos nas últimas três décadas e nome essencial para o projeto ganhar forma. Por sorte, a Direção de Teledramaturgia da Globo foi rápida. Personagens mudaram seus figurinos e cortes de cabelo, a ambientação da trama como um todo foi refeita e o texto subiu de nível a ponto de se tornar um dos mais sedutores da grade da Globo atualmente. Com quatro meses no ar, a produção foi aos poucos deixando de soar como pastiche de uma década e hoje é capaz de divertir o público ao brincar com o passado e mesmo assim soar original.

Embora se apresente como essencialmente cômica, são as complexidades amorosas que regem as ações de “Verão 90”. Distante de qualquer anacronismo, a novela se propõe a avaliar relações inter-raciais e de classes diferentes com as bandeiras e questionamentos de hoje. Com esta movimentação, um personagem sem grandes nuances como Quinzinho, de Caio Paduan, acaba sendo exposto de forma mais interessante. Inicialmente, ele casaria com a “patricinha” Larissa, de Marina Moschen, mas ambos viram que o que tinham era uma grande amizade. Solteiro, o jovem empresário acabou encontrando seu verdadeiro amor na figura da bailarina de lambada Dandara, de Dandara Mariana. Porém, a sintonia acabou sendo gradativamente apagada pelo machismo do personagem, que não aguentava o sucesso de sua amada. Por fim, a novela se movimenta mais uma vez e uma figura feminina acaba por definir a derrocada do jovem, que está de casamento marcado com a oportunista Vanessa, vilã da história interpretada por Camila Queiroz.

O mesmo esquema ocorrido com Quinzinho se repete com outros expoentes masculinos da trama. “Verão 90” chegou a um ponto onde a história começa a se preparar para acertar as pontas e mostrar seus desfechos. E, em todos os núcleos, são as mulheres que dominam a cena. O bom desempenho de Jesuíta Barbosa como o antagonista Jerônimo não seria assim tão sedutor se não contasse com as sequências em parceria com Dira Paes, intérprete de Janaína, a mãe do ambicioso vilão. Alexandre Borges e seu Quinzão não teriam metade da graça sem a companhia de Mercedes e Lidiane, papéis de Totia Meirelles e Claudia Raia. Por fim, a novela conseguiu andar para frente, a ponto de não ter qualquer prejuízo artístico com a saída repentina de Humberto Martins, intérprete do decadente Herculano. A presença do ator até tinha muito a ver com o clima de celebração da novela, visto que seu auge foi ao longo da década retratada. Entretanto, Humberto sempre pareceu protocolar ao viver os sonhos de um ex-astro da pornochanchada que almejava uma carreira séria de diretor. Com um desempenho tão preguiçoso, acabou se apagando de forma natural. Enquanto isso, o desempenho de “Verão 90” na audiência vai muito bem. Com quase dois meses de exibição pela frente, a trama já ultrapassou os números de suas antecessoras, “Deus Salve o Rei” e “O Tempo Não Para”, e ostenta média geral em torno de 27 pontos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Autores sul-mato-grossenses são premiados em concurso literário
CULTURA

Autores sul-mato-grossenses são premiados em concurso literário

Personagem de Renata Sorrah busca recomeço em nova série da Globo
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Personagem de Renata Sorrah busca recomeço em nova série da Globo

Bandas animam 14 de Julho neste domingo
CENTRO

Bandas animam 14 de Julho neste domingo

Praça em homenagem a construtor cego terá feira cultural hoje
HISTÓRIA

Praça em homenagem a construtor cego terá feira cultural hoje

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião