TELEVISÃO

Suzana Alves encara seu primeiro papel do início ao fim em uma novela

A atriz está em “Topíssima”, da Record
14/06/2019 16:41 - CAROLINE BORGES/TV Press


 

A televisão e Suzana Alves possuem uma relação longínqua. Há mais de 20 anos, ela surgiu para o grande público na pele da personagem sensual Tiazinha, do programa “H”, comandado por Luciano Huck na Band. De lá para cá, a atriz também colecionou passagens pela dramaturgia e participou de novelas, séries e minisséries, como “Mandrake”, da HBO, “Cidadão Brasileiro” e “Lia”, da Record. No entanto, só agora, Suzana integra o elenco de um folhetim do começo ao fim. Após participar da segunda temporada de “Dancing Brasil”, a atriz foi convidada para viver a ciumenta Inês de “Topíssima”. “A novela é um projeto incrível. A versatilidade da personagem e a trama, leve e divertida, me atraíram muito. Estou totalmente adaptada ao ritmo das gravações e à estética. Até porque, ‘Topíssima’ tem linguagem e ritmo pop”, explica.

Na história de Cristianne Fridman, Inês é arrumadeira do hotel luxuoso onde Sophia, papel de Camila Rodrigues, mora. Fofoqueira e ciumenta, a personagem é casada com Edevaldo, interpretado por Eri Johnson. No entanto, Inês não desconfia que o marido ainda é policial e que o trabalho com Sophia é um disfarce. “A Inês é uma mulher ciumenta e que inferniza o marido e vive atrás de descobrir o que não existe (risos). Através de muitas situações cotidianas da vida do casal, o público poderá se identificar e quem sabe até rever sua própria história”, torce Suzana, que pesquisou histórias semelhantes sobre sua personagem. “Me baseei em pesquisas, entrevistas com pessoas com histórias parecidas e mergulho da própria dramaturgia e pesquisa do texto”, completa.

Em “Topíssima”, Suzana se reencontra com a comédia. A atriz já havia trabalhado com humor em outros projetos fora da televisão. “Tenho uma relação profunda com o gênero comédia. Encenei grandes textos, com autores excelentes da comédia brasileira e tive oportunidade de trabalhar com especialistas do ‘clown’ e do humor de São Paulo”, explica.

Aos 40 anos e natural de São Paulo, Suzana lida bem com a passagem do tempo. Apesar de ter surgido para o grande público interpretando uma personagem sensual, a atriz garante que sempre teve uma preocupação em fortalecer muito mais seu interior. “Minha preocupação sempre foi trabalhar o interior, mais do que a forma! A Tiazinha foi um dos personagens que interpretei, que virou um ícone, mas a minha busca tem sido pela expansão por viver o aqui e agora”, aponta. Ainda assim, Suzana busca manter uma rotina de exercícios em seu dia a dia. “Faço corrida, ioga e musculação no momento. Minha alimentação saudável é um estilo de vida”, ressalta.

"Topíssima" – Record – De segunda a sexta, às 19h30.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".