Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COMPORTAMENTO

Roberta D'Albuquerque: "Traço firme"

Roberta D'Albuquerque: "Traço firme"
15/07/2019 18:30 - ROBERTA D'ALBUQUERQUE


 

A menina fez a própria mala para as duas semanas de férias em Pernambuco, disse ter lembrado de tudo. Até o fim da temporada, quando a mãe foi encontrá-la, de fato, não reclamou a falta de nenhum item. É certo que a avó precisou providenciar toda a perfumaria – escova de dente incluída – uma vez que a menina levou a mala no avião e é impossível transportar xampu, condicionador, ou qualquer outra coisa líquida dentro da cabine. A mãe gosta de chamar a atenção para essa regra, embora saiba que mesmo que os líquidos fossem permitidos, nenhum membro da família costuma lembrar-se deles.

Quando chegou à casa da sua mãe, a mãe da menina desfez a própria mala e dividiu com ela o armário vazio separado para os pertences das visitas. Ele continha dois shorts, duas ou três camisetas do pai – para não sentir saudades –, uma calça, um punhado de roupas de baixo, um casaco (!), um pijama, o biquíni e os óculos de natação. Tudo folgadinho na primeira prateleira. A segunda estava cheia; lápis, canetinhas, réguas, hidrocores, cadernos, livros, papéis, brinquedos. Tinha mesmo levado tudo. Tudo o que importa para ela.

Durante os dias que restaram, leram, correram, conversaram, largaram o corpo na areia e no mar, e – claro – desenharam muito. A cada desenho da menina, a mãe se comovia com a firmeza do seu traço. Risca forte, sem medo de errar. Usa todas as cores do estojo. Ocupa o espaço inteiro da folha. Reclama para si seu espaço no mundo. Tem à mão a mala completa. Poucos ítens usados em sua inteireza. Que vida bem vivida, não?

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.