Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 23h40min

ENCONTRO

Quadrinhos são atração em evento
com oficinas e autógrafos

6 FEV 19 - 09h:00CRISTINA MEDEIROS

Ao universo das histórias em quadrinhos (HQs) a merecida importância. A diversidade de formatos, histórias e personagens reúne público consumidor cativo pelo mundo, servindo como fonte também para as maiores bilheterias no cinema, nas últimas décadas. Porém, algumas pessoas torcem o nariz para esse tipo de publicação e a tratam como se não fosse literatura. Mas é. Muitos se iniciaram na leitura pelos gibis. Existem aqueles que se tornaram leitores assíduos de literatura considerada culta e que foram, quando crianças, colecionadores de quadrinhos. Sem falar naqueles que foram estimulados pelas HQs e colocaram seu talento no papel, criando seu próprio universo.

Para quem gosta ou quer conhecer este universo, até domingo, em Campo Grande, é possível participar da 1ª edição do Tereré, Quadrinhos e Literatura (TQL), que reúne quadrinistas do Estado, com exposição de quadrinhos originais e gibis raros, artist’s alley, mesa-redonda com bate-papo sobre a produção de quadrinhos e oficinas gratuitas.

“A ideia foi do médico e escritor Ewerton Carvalho, da UBE  [União Brasileira dos Escritores- MS], que fez contato comigo e outros quadrinistas, com a intenção de agitar este mercado da criação e da literatura junto ao público. Nós nos reunimos, e o evento agora é uma realidade”, explica o cartunista e quadrinista Emmanuel  Merlotti, que participa e se junta a outros especialistas na área: Anderson Barbosa, Fabio Q (que veio de São Paulo e há um ano mora em Campo Grande), Wanick Corrêa, Claudio Dias e Nathã Ifran. 

No TQL, eles apresentam seus trabalhos para os fãs, interagem com o público, autografam pôsteres e HQs e ainda comercializam artes originais, prints e cartazes com direito a autógrafos. “Além de exibir nossos trabalhos, queremos trocar experiências e receber aquele interessado em saber como é começar neste universo das HQs. Mostrar que é preciso estudar desenho de tudo que é forma, se profissionalizar, porque o mercado exige. Além disso, ter persistência e investir em si mesmo, participar destes eventos, lançar coisas autorais, porque, na hora da seleção, querem ver se você é mesmo profissional ativo”, alerta Merlotti.

LANÇAMENTOS

Merlotti vai lançar sua segunda revista do personagem “Lázaros Hunter”, no evento. Ele é um cartunista atuante em Campo Grande e tem seu próprio estúdio há mais de 20 anos. Fabio Q chegou recentemente de São Paulo e já se juntou à cena de quadrinho local, para fortalecer com o conhecimento do circuito paulista de quadrinhos. “Este evento é especial, reúne os quadrinistas e é protagonizado por eles, que estão na linha de frente da sua criação. E estar com eles é muito legal, pois podemos pensar na criação de mercado, mostrar que existem produtores locais que têm excelência no trabalho que fazem. Está sendo um passo maior dentro do cenário de Campo Grande e de MS”, analisa Fabio Q. 

O TQL tem artistas regionais de carreira sólida e ativa no segmento, como é o caso de Claudio Dias, que é publicitário e ilustrador e que atualmente trabalha na divulgação do seu personagem “Super Zé”. Anderson Barbosa é proprietário do Pincel Digital Estúdio. Wanick Corrêa é ilustrador de vários livros locais e tem em seu currículo três revistas publicadas. “O Ewerton Carvalho vai lançar seu último livro, ‘Sherlock Holmes, em A Maldição do Rochedo”.

PROGRAMAÇÃO

Hoje, às 19h – Técnicas de desenho, com Oliver Mont e Patrick Oliver;

Amanhã, às 19h – Oficinas de criação de tirinhas de quadrinhos, com Anderson Barboza;

Sexta-feira, às 19h – As participantes Evelise Couto e Mayara Barbosa, do Grupo “Leia Mulheres”, batem um papo sobre “Mulheres nas HQs e na Cultura Geek”. A mediadora é Rubia Sibele.

Sábado, às 15h – Batalha de desenhistas; e às 19h – Os autores e idealizadores do evento, Emmanuel Meriotti, Claudio Dias, Wanick Corrêa e Ewerton de Carvalho, falam do projeto TQL e de suas carreiras. A mediação fica por conta de Fabio Quill.

Domingo, às 15h – O mediador Daniel Rockenbach, do grupo de leitura “Vortice Literário”, convida o autor Fabio Quill para discutir as leituras indispensáveis das HQs. Às 18h – “Quadrinhos nas bancas de jornal, uma resistência?”. O mediador Giovani comanda esse bate-papo.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dino Rocha morre aos 67  e deixa legado para o chamamé
SANFONEIRO

Morre Dino Rocha, que deixa legado para o chamamé

Com vários gêneros, Arnaldo Antunes & Trio vem a Campo Grande
CORREIO B

Com vários gêneros, Arnaldo Antunes & Trio vem a Campo Grande

Agora sim: vem aí “Patinho Feio” no SBT
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Agora sim: vem aí “Patinho Feio” no SBT

CORREIO B

Roberto Carlos usa camisa rosa e fala de porte de armas antes de show em cruzeiro

Mais Lidas