PROSA DE CRIANÇA

Projeto de contação de histórias finaliza lançamento em Campo Grande

Projeto de contação de histórias finaliza lançamento em Campo Grande
09/05/2019 20:30 - ALINE OLIVEIRA


 

O projeto ‘Prosa de Criança’ encerra as apresentações de lançamento do livro compilado a partir das oficinas de criações literárias em Campo Grande, no próximo dia 11 de maio, a partir das 8h, na Escola Sesc Horto. No evento, os estudantes da Capital receberão os exemplares com histórias que aprenderam oralmente com seus familiares.

Iniciado em setembro do ano passado, a iniciativa teve dois momentos: oficinas de criação literária com alunos do ensino fundamental de cinco cidades. O objetivo é difundir as manifestações orais tradicionais de Mato Grosso do Sul, a partir do registro, publicação e circulação dos contos, cantigas e mitos populares repassados de pais para filhos.

Apesar de ser a capital do Estado, Campo Grande tem apenas 119 anos de emancipação e congrega o centro administrativo, empresarial e cultural da região. Com 885,7 mil habitantes (dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE), recebeu o apelido carinhoso de Cidade Morena, por conta da coloração avermelhada do solo do município.

A exemplo das outras localidades participantes, a cidade tem suas particularidades e entre elas, a quantidade expressiva de imigrantes de diferentes partes do mundo: Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Paraguai, Bolívia, Portugal, Síria, Libano, entre outros países. Além disso, em Campo Grande está localizada a 2ª maior comunidade indígena urbana do Brasil.

Urbano X Rural – A história reproduzida no livro Prosa de Criança se chama ‘A Lenda da Floresta Negra’ e descreve as aventuras de um grupo de estudantes que decidiu realizar uma excursão em uma floresta indígena, mas, acabaram se perdendo no caminho e passaram um sufoco por não conseguirem voltar para casa.

Em determinado momento encontraram um homem e perguntaram qual o caminho de volta para a casa, e o mesmo respondeu: “Escolham entre o caminho da direita ou da esquerda”, e foi embora. A escolha das crianças levou-as a vivenciarem desafios de contos de fadas, como lutar com espadas contra mágicos, gigantes e palhaços assustadores. Por sorte conseguiram superar os obstáculos e voltaram para casa com muitas histórias para contar aos amigos e familiares.

Outros contos relatados destacam temas que mesclam o mitológico com histórias contadas pelos antepassados (avós e bisavós), como a história do fantasma da ‘Noiva da Serra’ em Nioaque, o ‘Pássaro Mágico’ que gostava de pregar peças em crianças, um ‘Campinho de futebol assombrado’ e ‘Uma Princesa Encantada’, que tinha um cachorrinho mágico e companheiro.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".