Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

8 de Março

No Dia Internacional da Mulher, famosas falam sobre lutas femininas

8 MAR 2018Por FOLHAPRESS13h:16

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, famosas de diversas áreas do Brasil aproveitaram para falar sobre a luta feminina, o que sofrem e as áreas em que ainda não estão em pé de igualdade. Nos depoimentos, elas reforçaram que nos dias de hoje não cabe mais a ideia de "sexo frágil".

"No dia de hoje (e em todos os outros): leia livros de mulheres. Ouça músicas de mulheres. Se inspire, se engrandeça, se fortaleça. Evite falar mal de outra mulher. Procure uma coisa nela que te interessa e elogie essa coisa sinceramente. Todo mundo tem uma batalha, é preciso coragem pra ser quem se é de verdade. Incentive as que estão perto a serem quem elas quiserem. Faça elas gostarem do que veem no espelho. E comece a gostar mais do que você vê também. FAÇA. O QUE. VOCÊ. QUISER. E saiba: você não tá sozinha. Qualquer coisa, grita", aconselhou Alice Wegmann.

"Vou dizer o que nós realmente queremos: salários iguais aos dos homens, não sofrer assédio na rua e no trabalho, ser respeitada na hora do parto, não sofrer feminicídio, ser dona dos nossos corpos e das nossas vidas, direitos humanos essenciais. O que eu quero mesmo é respeito", bradou Carolina Kasting.

"Não preciso que pague minha conta, quero ganhar igual pelo meu trabalho. Não preciso que abra a porta do carro, só não quero ouvir: 'Tinha que ser mulher no trânsito'. Não preciso que puxe a cadeira no restaurante, puxe assunto sobre meus planos e ideias", escreveu Rafa Brites em um longo desabafo.

"Mesmo sabendo que todo dia é nosso dia... PARABÉNS para todas as mulheres do mundo!!! Lembrem -se que nossa voz é nossa maior arma; Não se calem", pediu Tati Quebra-Barraco.
"Uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil", lembrou Leticia Colin.

"Nem bela, nem recatada, nem do lar, bonita mesmo é qualquer mulher que se levanta e luta! Parabéns para todas nós que lutamos", elogiou Zezé Motta.

"Mais amor, mais compaixão, mais respeito, mais igualdade, mais apoio. Que possamos dar ao mundo o que gostaríamos de ver mais nele. Feliz dia das mulheres para todas mulheres ao redor do mundo", pediu Gisele Bündchen.

"Que esse dia e todos os outros sejam dias em a gente se ame. Porque não existe outro caminho para que sejamos felizes", refletiu Paula Braun.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também