Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Dramaturgo

Morre o dramaturgo Janusz Glowacki, aos 78 anos, em Varsóvia

19 AGO 2017Por FolhaPress16h:03

O romancista, dramaturgo e roteirista polonês Janusz Glowacki morreu neste sábado (19), aos 78 anos, em Varsóvia. A informação foi confirmada por sua mulher à imprensa polonesa.

Nascido em 1938, Glowacki deixa uma prolífica produção de peças, romances e roteiros traduzidos para várias línguas, como inglês, alemão, francês, russo, chinês, ucraniano, húngaro e turco.

Glowacki se formou no Departamento de Estudos Poloneses da Universidade de Varsóvia. Em 1960, enquanto ainda era estudante, ele fez sua estreia em prosa e, quatro anos depois, se juntou ao conselho editorial do popular semanário Kultura, contribuindo com colunas semanais e histórias curtas.

Quando a lei marcial foi imposta na Polônia em dezembro de 1981, o dramaturgo estava em Londres para a estreia de sua primeira peça "Cinders". Ele ficou no Reino Unido por algum tempo, antes de ir a Nova York (EUA), onde ele se estabeleceu.

Foi nos EUA que Glowacki escreveu suas peças mais conhecidas: "Hunting Cockroaches", "Antigone in New York" e "The Fourth Sister". Em 1993, "Antigone in New York" foi incluída na lista das dez melhores peças do ano compiladas pela revista "Time".

Após a queda do Muro de Berlim, em 9 de novembro de 1989, Glowacki dividiu sua vida entre Varsóvia e Nova York. Ao lado cineasta polonês Andrzej Wajda, Glowacki participou do filme "Walesa: Man of Hope".

O longa é uma biografia parcial do compatriota Lech Walesa, eletricista que, à frente do partido Solidariedade, enfrentou o regime soviético na Polônia e deflagrou o fim da Cortina de Ferro, e seu amigo há mais de 30 anos.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também