COMÉDIA

Minha Mãe é Uma Peça 3 se torna a maior bilheteria do cinema brasileiro

Minha Mãe é Uma Peça 3 se torna a maior bilheteria do cinema brasileiro
22/01/2020 23:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


 

O filme "Minha Mãe é Uma Peça 3" se tornou a maior bilheteria do cinema brasileiro, arrecadando R$ 144 milhões. A produção, que estreou em dezembro, já foi vista por mais de 9 milhões de pessoas, segundo a plataforma de dados Rentrak COMSCORE.

O recorde diz respeito à arrecadação nominal, sem levar em conta a inflação de valores arrecadados nas bilheterias por outros grandes sucessos do cinema nacional. Produções como "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976), "Os Dez Mandamentos" (2016) e "Tropa de Elite 2" (2010) foram vistos por mais de 11 milhões de pessoas.

A bilheteria de "Minha Mãe é Uma Peça 3" foi maior que a da sequência anterior, que contabilizou R$ 123 milhões. Na terceira parte da franquia, dirigida por Susana Garcia, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) vê a família indo embora de casa, com uma filha grávida e um filho prestes a casar. Ela também precisa encarar a volta do ex-marido, interpretado por Herson Capri.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".