Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TELEVISÃO

Jeniffer Nascimento, conta que se comove com os participantes do programa

A cantora é coapresentadora do "The Voice Brasil"
08/08/2019 15:36 - LUANA BORGES/TV Press


Toda vez que algum participante do “The Voice Brasil” é eliminado, Jeniffer Nascimento sofre junto. Cantora e atriz, a nova integrante do elenco do programa sabe muito bem como aquelas pessoas se sentem ao subir em um palco para se apresentar. Quando a permanência na competição musical é encerrada, por mais que isso faça parte do jogo, ela tem empatia e se coloca no lugar de quem se despede. Mas Jeniffer faz questão de não deixar o clima ficar pesado. Sempre que precisa entrevistar um aspirante a cantor que não segue no “reality”, ela mantém o otimismo e diz uma mensagem de incentivo. “Por já ter passado por isso, eu sei o que as pessoas estão pensando e o que esperam. Tento motivá-las a seguir em frente e não desistir de seus sonhos”, afirma.

Na função de coapresentadora do “The Voice Brasil”, Jeniffer procura ir além das entrevistas com os participantes. Nos bastidores do programa, volta e meia, ela conversa com os aspirantes a cantores e dá dicas para eles. “O que eu mais falo é para eles manterem a calma. Acho que o nervosismo é o grande inimigo das pessoas quando elas sobem no palco. Quando a gente fica tenso, a tensão vem para o pescoço e atrapalha a afinação”, explica.

De “reality” musical, aliás, Jeniffer entende bem. Sua primeira experiência no gênero foi no “Fábrica de Estrelas”, exibido em 2012 pelo Multishow, que tinha como objetivo formar um grupo feminino. No fim, Jeniffer e outras quatro meninas foram selecionadas para o quinteto Girls. O grupo não durou muito tempo e Jeniffer acabou estreando como atriz em “Malhação”, em 2014. De lá para cá, ela conseguiu ser escalada para outros papéis, sem nunca deixar de lado a música. Tanto que participou da segunda temporada do “Popstar”, da qual saiu vencedora. “Apesar de já ter uma carreira em novelas, o ‘Popstar’ foi um divisor de águas para mim na música. Inclusive, essa oportunidade de vir para o ‘The Voice’ eu acredito que tenha sido por causa do ‘Popstar’”, conta.

Além da experiência pessoal em programas do tipo, Jeniffer confessa ser telespectadora assídua do “The Voice”. “Acompanho desde a primeira edição. É o meu programa musical favorito porque as pessoas fazem várias versões diferentes das músicas e eu, como cantora, adoro acompanhar isso”, conta. Mas, por enquanto, o trabalho no programa tem consumido boa parte de seu tempo. Por isso, lançar um EP este ano está fora de seus planos. O que Jeniffer consegue fazer entre um intervalo de gravação e outro é se apresentar com seu show autoral. “Mas ao menos um ‘single’ eu devo lançar”, revela.

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...