Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TEATRO

Oficinas da VII Pantalhaços estão com inscrições abertas

Ao todo são três cursos destinados a artistas e grupos interessados no mês de julho
20/06/2019 13:20 - NAIANE MESQUITA


 

Estão abertas as inscrições para os artistas, palhaços e demais interessados em participar das oficinas da VII Pantalhaços, Mostra idealizada e realizada pelo Circo do Mato e Flor e Espinho Teatro, e financiada pelo FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural) por meio da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo). As oficinas acontecerão no período de 2 a 4 de julho e as vagas são limitadas.

O compromisso da Mostra é de não apenas divulgar e fomentar o apreço pela arte da palhaçaria, como também incentivar a formação de novos artistas, oferecendo oficinas com artistas profissionais de notório saber na área.

Ao todo são três oficinas disponibilizadas para artistas e grupos interessados, sendo que inscrições deverão ser feitas por meio do e-mail oficinapantalhaco@gmail.com, com o assunto “Inscrição oficina (mencionar o nome da oficina escolhida)”. No corpo do e-mail é preciso informar o nome completo, a data de nascimento, o CPF, o contato e um breve histórico de experiências na área, caso tenha.

Os nomes selecionados serão divulgados no endereço eletrônico https://pantalhacos.blogspot.com. Depois é necessário pagar uma taxa de inscrição de R$ 20,00 no início das oficinas.

A “Escultura com Balões – Polvo Gigante” é ministrada de 2 a 4 de julho, das 9h às 12h, no Centro Cultural José Otávio Guizzo pelo argentino Tomate. Ele desenvolve seus espetáculos utilizando balões e nesta oficina os participantes aprenderão a confeccionar um polvo gigante com três mil balões e também a manipula-lo. O resultado deste trabalho, o polvo, será a estrela da Palhasseata, realizada no dia 4 de julho na Orla Morena. São disponibilizadas 15 vagas com idade mínima de 15 anos.

A segunda oficina disponibilizada pela Pantalhaços é a “Partitura Física”, com Maku, também da Argentina. Ela será ministrada da sede do Circo do Mato, das 10h às 12h, nos dias 4 e 5 de julho. São 20 vagas e idade mínima de 18 anos.

O objetivo da “Partitura Física” é pesquisar a desarticulação, criação, limpeza e escrita dramatúrgica de cenas ou rotinas cômicas silenciosas e trabalhar em canais de comunicação.

Já a oficina “Vivência de Palhaço”, com Cia Suno, de São Paulo, é ministrada por Duda Becker e Helena Figueira no dia 4 de julho no Centro Cultural José Otávio Guizzo, das 8h às 12h. São 20 vagas e idade mínima de 15 anos.

Por meio da palhaçaria clássica, a vivência busca aproximar o público da linguagem estética e cênica do palhaço. Cascatas, jogos de triangulação, claques, serão o fio condutor desta oficina, que propõe uma discussão profunda sobre o universo do palhaço, seu tempo de ação, construção de gags, estudos de figurinos e maquiagem. (com informações da Sectur)

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!