20ª EDIÇÃO

Gal Costa, Lenine e Chrystian e Ralf são atrações do Festival de Bonito

Festival de Inverno será realizado dos dias 25 a 28 de julho
21/05/2019 17:19 - GLAUCEA VACCARI


 

Dupla Chrystian e Ralf, cantora Gal Costa e o músico Lenine são as atrações nacionais do Festival de Inverno de Bonito 2019, conforme divulgado hoje pelo Governo do Estado. Os artistas sobem ao Palco das Águas nos dias 25, 27 e 28 de julho, respectivamente.

Também fazem parte das atrações nacionais a cantora Karina Buhr e Bnegão e os Seletores de Frequência, que se apresentam no palco do Centro de Múltiplo Uso (CMU) nos dias 26 e 27 de julho.

Já quanto aos artistas regionais, edital para seleção está aberto para inscrições até o dia 1º de junho. Serão selecionados grupos e coletivos nas áreas de artes cênicas, dança, música e audiovisual para apresentação de shows, espetáculos e exibição de filmes na 20ª edição do Festival. 

Serão escolhidos dois espetáculos de circo, dois de teatro e dois de dança para apresentação ao ar livre ou em espaços alternativos; três shows musicais, três filmes curta-metragens e três média ou longa metragens para exibição durante o evento. 

Festival de Inverno de Bonito visa produzir ações que contribuam para a valorização da diversidade cultural e a promoção de debates de temas relativos à cultura, à cidadania, ao meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável.

Representantes da classe artística, trade turístico, prefeitura, Câmara de Vereadores, comerciantes e população em geral fizeram reivindicações para esta edição do tradicional festival. Entre os principais pedidos, está a participação maior da comunidade local.

Em abril, diretor-geral da Fundação de Cultura, Max Freitas, garantiu que essa reivindicação é prioridade e que será utilizada mão de obra local, para reforçar a economia do Município e baratear custos do eventos, tendo em vista que, quando se usa trabalhadores da cidade, não são necessários gastos como transporte e hospedagem.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".