terça, 14 de agosto de 2018

CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Flávio Ricco: Mesmo com problemas, o “Vídeo Show” continua sendo um achado

11 AGO 2018Por Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery08h:00

Mesmo com problemas, o “Vídeo Show” continua sendo um achado

Bola cantada por aqui, a Globo definiu as contratações do Carioca e Maurício Meirelles para o “Vídeo Show” e, com certeza, irá anunciá-los em breve como próximas novidades do programa.

Próximas e que, com toda certeza, não serão as últimas.

O “Vídeo Show” tem uma história que vem desde março de 1983. Já se vão 35 anos e é impossível, até por falta de espaço, relacionar as tantas alterações realizadas, tanto no formato em si quanto nas trocas em sua apresentação.

Um processo natural, comum em programas com a mesma longevidade. “Fantástico”, por exemplo. Quantas foram as mudanças, desde o seu primeiro dia até aqui?

O problema de agora, diferentemente dos que passaram, é que, além de uma concorrência mais forte no horário – impossível não enxergar ou negar o crescimento da Record,  não basta apenas trocar suas duplas, agora até um trio, de comando, mas acrescentar valores novos ao seu conteúdo.

Como nova providência, é que os dois, Maurício e Carioca, devem entrar. E que por aí venha o acerto ou continue a busca da solução ideal. Não tem outra.

O “Vídeo Show”, como programa e como sempre foi, continua sendo um achado.

TV Tudo

Número certo

“Coisa Mais Linda”, série do Netflix ambientada nos anos 1950, em gravações, terá sete episódios em sua primeira temporada.

No elenco, Maria Casadevall, Fernanda Vasconcellos, Mel Lisboa, Thaila Ayalla, Pathy Dejesus, Leandro Lima e Ícaro Silva. Ainda está sem previsão de lançamento.

Mais maneira

Pode até haver críticas à mesmice de temas, mas se deve reconhecer o empenho da Record na produção das novelas bíblicas.

Não faltam recursos para um trabalho bem feito, e agora no caso de “Jesus”, verifica-se, não há tanto apelo para a computação gráfica.

Segue o jogo

Apesar de um certo estranhamento aqui e ali, a Globo não viu qualquer problema na mudança do nome artístico da Cléo, ex-Pires, atualmente como a vilã Betina em “O Tempo Não Para”.

Está padronizado nos créditos da novela, site de imprensa e tudo mais. Se é o desejo dela, por que não?

Vem forte

A Globo prepara para 2019 um dos seus mais fortes começos de ano.

Além do “Big Brother” de sempre, projeta-se o lançamento de uma infinidade de séries para a faixa noturna, produções próprias e derivadas de cinema.

E não para por aí

O Entretenimento também marcará presença, com programas inéditos à tarde e à noite.

A ordem é não deixar para depois. Tudo já a partir da primeira semana de janeiro.

Embolado

A Band já têm definidas novas temporadas do “Masterchef”, hoje um dos seus maiores sucessos.

Porém até agora a Endemol, responsável pela produção, ainda não assinou nada com a apresentadora Ana Paula Padrão e com nenhum dos jurados. Pode até ser por causa das férias da Juliana Algañaraz, a sua principal executiva.

Fala baixo

É segredo, por enquanto, mas a Record está trabalhando num novo formato de culinária para o ano que vem.

Um programa, gênero reality show, sob os cuidados de Rodrigo Carelli, responsável pela área. Vem para competir com “Masterchef”, “Bake Off” e companhia bela.

Cozinha nacional

Este novo projeto no campo da cozinha dá todos os indícios de que não haverá um próximo “Batalha dos Confeiteiros”.

Também, pudera. Gastar o que se gastou com o Buddy Valastro, para nunca chegar a 6 ou 7 pontos de audiência, na média geral, melhor fazer tudo aqui.

Nada de festa

Neste agosto, o SBT está chegando aos 37 anos de vida e a Record, em setembro, aos 65. E, tanto no caso de uma como das outra, nada de se falar em festa.

Tudo muito naquela do assar um bolinho em casa.

Justiça se faça

No tempo em que esteve à frente do “Cidade Alerta”, na Record, Marcelo Rezende sempre deu ênfase ao tema “violência doméstica”, prestando serviço e chamando a atenção das autoridades.

Hoje, não estaria mais só. O “Jornal Nacional”, em recente edição, dedicou quase dois blocos ao assunto, assim como o “Fantástico” também tem feito. Além de outros.

Bate – Rebate

Patrícia Pillar é a entrevistada de Simone Zuccoloto, neste sábado, 9 da noite, no “Cinejornal”, do Canal Brasil.
Difícil levar muito a sério, mas para todos e oficiais efeitos, “Topíssima” está nos planos da Record para exibição no ano que vem.
O “The Voice Kids” que vem por aí terá a mesma equipe da edição passada...
... Inclusive contando com o apoio de Thalita Rebouças nos bastidores...
... Mas nos interiores do “Kids” e do adulto já são comentadas mudanças nos jurados para o ano que vem...
... Especulações, por enquanto. Nada oficial.
O “Câmera Record”, neste domingo, 23h15, mostra as histórias por trás de nomes nada convencionais nas certidões de nascimento...
... E revela por que alguns famosos optaram por utilizar apelidos artísticos.
... As cantoras Roberta Miranda e Gil, ex-Gilmelândia, são algumas das focalizadas.

C´est fini

Careca e Cafu têm participação importante na reportagem especial do Geraldo Luís, com o ex-jogador do São Paulo, hoje em luta contra as drogas.

Vai ao ar amanhã, na Record. Evidente que o nome em questão está sendo preservado para não comprometer o trabalho do programa.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Leia Também