Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Carnaval 2018

Em busca de vaga no grupo especial, escolas brilham na 1ª noite de desfile

História de Mato Grosso do Sul foi o tema principal dos enredos

13 FEV 18 - 02h:51LUANA RODRIGUES

O tema do Carnaval 2018 em Campo Grande é o aniversário de 40 anos da Capital, mas as escolas que inauguraram a avenida do samba nesta segunda-feira (12) decidiram ir além: homenagearam as quatro décadas desde a criação de Mato Grosso do Sul, completadas em 2017. A chuva que caiu pouco antes do desfile espantou parte do público, porém, não foi capaz de atrapalhar a primeira noite de festa, que contou com a apresentação de três agremiações que lutam por uma vaga no grupo especial.

Antes que as concorrentes entrassem em cena, a escola de samba mirim 'Herdeiros do Samba' forrou de brilho e simpatia a avenida. Com o enredo "Nas águas mergulhei, nas águas me lavei, nas águas me criei, das águas me alimentei, Mato Grosso do Sul admirei", a escola infantil deu boas-vindas ao público e deixou o recado de que a noite seria de encantos.  

Mas o espetáculo só começou pra valer por volta das 21h20 com uma pergunta retórica: "Tá vendo esse Estado aqui, moço? Nós ajudamos a construir". A escola de samba Unidos do Aero Rancho abriu a passarela levando o colorido do povo sul-mato-grossense. Em uma breve viagem ao processo de criação do Estado, a escola homenageou a todos os povos que, com suas culturas, ajudaram a construir a identidade de Mato Grosso do Sul.

Logo no abre alas, uma Maria Fumaça lembrou o trem rasgando as terras pantaneiras, dando início ao desenvolvimento do Estado. A agremiação mostrou que com os trilhos, também chegou o progresso e muitos imigrantes, entre eles os japoneses. A escola também homenageou a marinha brasileira, os sulistas, produtores de erva-mate, quilombolas e todo o povo campo-grandense.

Na briga por uma vaga no grupo especial, a Cinderela Tradição do José Abrão trouxe para a avenida a ave símbolo da escola, o beija-flor. O enredo "Nas asas do beija-flor, um celeiro de fartura cultural" foi uma homenagem ao ex-presidente da escola, Gilberto Corrêa Lopes, o Carioca, que morreu no ano passado, aos 61 anos. 

Com 11 alas e três carros, a escola também levou para a passarela do samba migrantes e imigrantes do Estado. Além de povos indígenas, personalidades históricas e lendas locais. Mas o destaque do desfile ficou mesmo com a comissão de frente, com os índios - donos da terra, em uma coreografia que surpreendeu o público. 

Já passava da meia-noite, quando a última escola entrou na avenida, a Unidos do Cruzeiro. O enredo "Nessa viagem de encantos mil, no coração do meu Brasil, hoje vou cantar arte cultura e personalidades de uma gente audaz", a escola homenageou os artistas sul-mato-grossenses. Gente que divulgou o Estado por meio da música, dança, arte, artesanato e teatro.

Na letra do samba e também em alegorias, a escola lembrou Ney Matogrosso, Zacarias Mourão, Luiza Brunet, Aracy Balabanian, David Cardoso, Rubens Correia, Helena Meireles, além dos índios kadiweus e Conceição dos Bugres. 

Curiosidade contada pouco antes do desfile é que os próprios integrantes da escola costuraram suas fantasias. Em pouco mais de meia-hora, a agremiação desfilou com cinco alas e dois carros alegóricos, além de mestre-sala e porta-bandeira. 

O desfile terminou sem maiores problemas. Nenhuma das escolas extrapolou o tempo máximo de 50 minutos. No entanto, o período que cada uma utilizou para cruzar a avenida não foi divulgado pela organização. Nem mesmo o público presente a Polícia Militar soube informar.

As escolas deixaram a avenida, mas a noite não estava nem perto do fim. Por volta de 1h, o grupo 'Só pra contraiar' subiu no palco na Praça do Papa e agitou quem aguaradava já debaixo de chuva. Com repertório que fez sucesso nos anos 90 e músicas atuais, o show embalou quem ainda tinha pique para virar a madrugada.

Para quem perdeu a primeira noite de desfiles, hoje entram na avenidas as escolas do grupo especial.  Devem desfilar pela passarela do samba Unidos do São Francisco, Igrejinha, Deixa Falar, Os Catedráticos do Samba e Unidos da Vila Carvalho.

Crédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do EstadoCrédito: Gerson Oliveira / Correio do Estado
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ausências de Anitta e Ludmilla chamam atenção em lista do Show da Virada
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Ausências de Anitta e Ludmilla chamam atenção em lista do Show da Virada

Produções de novelas prometem grandes disputas nos próximos tempos
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Produções de novelas prometem grandes disputas nos próximos tempos

Veja como fazer massas diferentes e deliciosas
CULINÁRIA

Veja como fazer massas diferentes e deliciosas

Dica da semana: Brittany Runs a Marathon
Via Streaming

Dica da semana: Brittany Runs a Marathon

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião