Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VIA STREAMING

Dica de série: “Carnaval Row”

Situada em um mundo de fantasia e mistérios, a nova série <br>faz sua estreia amanhã na Amazon Prime Video
29/08/2019 12:00 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Uma mistura de fantasia com suspense em uma trama envolvente de romance e investigação policial, a nova série “Carnaval Row” estreia na Amazon Prime Video no dia 30 de agosto. Ao longo de seus oito episódios, os telespectadores são convidados a embarcar em uma realidade onde criaturas mágicas se veem obrigadas a conviverem com os seres humanos. Porém, essa dinâmica é cheia de problemas, já que a sociedade humana é repleta de preconceitos. Interessantemente, segundo anúncio da própria Amazon, a série criada por Travis Beacham e René Echevarria já foi renovada para uma segunda temporada em 2020, mesmo não tendo estreado ainda. Outra curiosidade é que o roteiro de “Carnaval Row” foi escrito originalmente com a intenção de ser um longa dirigido por Guilherme Del Toro, porém o projeto não andou.

A história é ambientada na cidade vitoriana de Burgue, onde diversas criaturas mágicas vivem como refugiados após terem sido forçados a deixar suas terras natais após violentos conflitos com o “império dos humanos”.  A própria protagonista, Vignette (Cara Delevingne), é uma fada da ilha de Fae que se refugia em Burgue. Além da crise imigratória, a cidade também tem é assolada por uma onda misteriosa de assassinatos em série de criaturas mágicas. Para acabar com a matança, o detetive Rycroft Philostrate (Orlando Bloom) assume o caso. Assim, os dois protagonistas acabam se reencontrando na cidade e retomando o perigoso romance que haviam vivido em Fae durante a guerra. 

Apesar de ter sido escrito há 17 anos, os temas abordados pela série ainda são muito pertinentes na conjuntura atual. Ao mostrar que as criaturas mágicas são tratadas como uma espécie de escória da sociedade – sendo constantemente exploradas pelos humanos –, “Carnaval Row” faz uma alusão ao racismo e a xenofobia, temas que ganham força na política mundial. Assim, a série levanta questionamentos importantes sobre a manutenção dos preconceitos na sociedade contemporânea.  

Felpuda


Apesar de ainda fazer certo charme no estilo “se chamar, vou pensar” é praticamente certo que ex-candidato ao governo do Estado nas eleições passadas não participará da disputa pela Prefeitura de Campo Grande. Nos meios políticos é falado que não se trata de “novidade” e que não haverá mais cavalo encilhado passando na sua frente. Ele ainda insinua que poderá voltar em 2022, mas há quem diga que não precisará pensar, pois faltará a tal da “chamada”.