Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

VIA STREAMING

Dica da semana: "A Rede Social"

Filme conta como o Facebook foi de um site de universitários para uma febre global

5 NOV 19 - 16h:24KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING

Em abril de 2018, o CEO da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, foi intimado a comparecer a uma audiência a respeito do uso indiscriminado de dados dos usuários da rede para fins políticos. A confiabilidade do portal foi posta à prova em um dos maiores escândalos virtuais da história, transparecendo que a empresa cresceu muito além dos princípios originais do website. Para contar um pouco mais sobre como surgiram tanto o Facebook quanto os primeiros inimigos de Zuckerberg, foi lançado o filme “A Rede Social”, que está disponível para se assistir na Netflix e, por R$ 5,90, no Youtube.

A trama conta os primeiros passos do Facebook, que surgiu em 2004 como uma tentativa de Zuckerberg de se redimir com o corpo de alunos da Harvard. O universitário invadiu servidores da instituição para criar um site comparando garotas de diversas fraternidades, e sua criação tomou conta do campus, com mais de 22 mil acessos. Agora com a atenção da faculdade, o gênio da computação lança “The Facebook” em parceria com seu melhor amigo, o brasileiro Eduardo Saverin. Em menos de duas semanas, a expressão “me adiciona no Facebook” tomou conta de Harvard, e Zuckerberg virou rei do campus. A partir daí, o ego do universitário passou a pesar e alguns inimigos surgiram em seu caminho. Com o passar do tempo, a rede social ganhou proporções inimagináveis, mas as discordâncias entre Zuckerberg e Saverin chegaram a um ponto que não só o brasileiro saiu da empresa, mas também entrou com um processo de 600 milhões de dólares contra seu antigo amigo.

Desde sua fundação, o Facebook é uma ferramenta unânime a nível global, boa parte da população mundial atualmente tem uma conta associada à rede. Mesmo assim, a imagem de Zuckerberg ficou manchada permanentemente, tanto pelo caso com Saverin quanto pelos escândalos recentes. Nesse último incidente, o CEO do Facebook foi julgado por fornecer dados de usuários para empresas que, eventualmente, se aproveitariam dessas informações com objetivos políticos. 

Curta a página da coluna “Via Streaming” no Facebook em www.facebook.com/colunaviastreaming.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Turnê de despedida do Kiss vai passar por São Paulo e mais 5 cidades brasileiras
ROCK

Turnê de despedida do Kiss vai passar por São Paulo e mais 5 cidades brasileiras

Dica da semana: 'Pássaro do Oriente'
VIA STREAMING

Dica da semana: 'Pássaro do Oriente'

Dica da semana: Patriot Act
VIA STREAMING

Dica da semana: Patriot Act

CNN Brasil completa quadro de correspondentes internacionais
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

CNN Brasil completa quadro de correspondentes internacionais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião