Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 24 de setembro de 2018

CASAMENTO

Casal deixa tradição de lado, veste fantasia e chama atenção no cartório

A ideia era um sonho “antigo” da noiva e foi aprovada pelo noivo e amigos

15 SET 2018Por MARESSA MENDONÇA16h:40

Um vestidinho básico ou mesmo uma calça jeans seriam incapazes de fazer jus a espontaneidade da acadêmica de pedagogia, Thamires de Lima Sodré Guimarães, de 23 anos, que decidiu ir fantasiada de pikachu [personagem do anime e desenho animado Pokémon] ao casamento civil, realizado no último dia 6 de setembro, em Ladário.

O então noivo e agora marido, Felipe Guimarães da Silva, de 24 anos, e os padrinhos também aderiram ao sonho da noiva e chamaram atenção no cartório da cidade de 19.947 habitantes.

“Meu sonho sempre foi casar fantasiada, independente da fantasia”, conta a estudante que compartilhou o sonho com Guimarães assim que decidiram “juntar as escovas de dentes”. “Compartilhei o meu sonho com ele e, como um ‘louco’ nato, ele topou na hora”, brincou ela.

Thamires disse que a primeira escolha foi personagens do Power Rangers, mas as fantasias não foram encontradas. Shrek e Fiona, Batman e Robin também foram cogitados. “No fim das contas acabamos ficando com Pokémon. Foi uma escolha aleatória e decidimos usar o bordão de que ele me capturou com o amor dele”, explicou ela, se referindo a fantasia usada pelo marido, que foi vestido de Ash Ketchum, personagem principal do desenho.

Os padrinhos também foram convidados a entrarem na brincadeira e aceitaram. “Sabíamos que ‘topariam’ na hora, pois são bem malucos como nós, e não deu outra”. A universitária lembra que teve “toda uma mobilização atrás de aluguéis de fantasia, alguns conseguiram e outros improvisaram com o que tinham”.

DIA MARCANTE

O casamento foi realizado por volta das 17h30 do dia 6 de setembro, horário após o expediente.  “A juíza de paz disse que nunca tinha feito um casamento tão diferente e divertido. Ela ficou muito feliz e pediu para que um dos meus amigos filmasse e tirasse foto dela com a gente”.

Thamires conta que desconhecidos também abordaram o casal naquele dia, desejaram felicidades e alguns até pediram para tirar fotos. “Ficamos muito nervosos e ao mesmo tempo felizes, foi uma sensação exclusiva e inteiramente divertida. Nossa chance de sermos autênticos e fazer com que todos lembrem que combinamos em todos os sentidos”, finalizou Thamires.

 

 
  • Arquivo Pessoal
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também