Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

CORREIO B

Campo-grandense lança CD com 10 faixas compostas por Padre Zezinho

3 DEZ 2018Por CRISTINA MEDEIROS09h:00

Desde a infância, o então garoto Alencastro percebeu que a música teria papel fundamental em sua vida. Filho e neto de músicos – avô maestro, avó pianista, pai tocava gaita e acordeão –, ele não demorou a decidir por aprender piano num conservatório. Depois, veio o teclado. Frequentador da igreja desde muito cedo,  agora, aos 58 anos, está lançando seu oitavo disco, também pautado por músicas religiosas, mas dessa vez em homenagem ao padre Zezinho. 

Intitulado “Alencastro Interpreta Pe. Zezinho, SCJ” (de Sagrado Coração de Jesus), o CD traz 10 faixas assinadas pelo padre – letra e música (leia ao lado). “Eu sempre fui fã do padre Zezinho e decidi lançar este disco porque acredito muito na música religiosa, ela toca e transforma corações. O padre é um grande compositor, suas músicas apresentam temas para todo tipo de situação”.

Muito conhecido – e solicitado – para tocar e cantar em diversos eventos, como casamentos, bodas, missas especiais, aniversários, Alencastro selecionou as faixas, mas queria dar a elas um diferencial. “Quis trazer essas músicas antigas para uma nova roupagem, resgatar essas canções que são belíssimas, com uma orquestração melhor”.

Foi aí que conseguiu a “cerejinha do bolo”. Em 2018, Alencastro gravou um CD independente (“Estou Aqui”) em parceria com a cantora Ghislaine Cantini, contendo canções de Roberto Carlos e Erasmo Carlos – fazendo dele o primeiro leigo da igreja católica a regravar canções autorizadas pelo Rei. “Nessa gravação, eu gostei demais dos arranjos feitos pelo maestro e arranjador do Roberto Carlos, o Tutuca Borba. Então,  perguntei se ele poderia fazer meu novo CD. Como conhecia meu trabalho, aceitou na hora e assina todos os arranjos e a orquestração”.

A partir daí, o trabalho foi conjunto. “Passei como idealizava cada canção,  a colocação dos instrumentos e ele fez. Dei os palpites e ele gostou muito de minha musicalidade, foi muito aberto. Tenho sensibilidade musical muito aguçada e, assim, trabalhamos juntos nos últimos detalhes, ele fechou comigo. Fiquei bem confortável, nos tornamos grandes amigos”.

“Alencastro Interpreta Pe. Zezinho, SCJ” teve toda a orquestração gravada no Rio de Janeiro e, em seguida, em São Paulo, ocorreu a gravação com a participação de backing vocal com o grupo Cantores de Deus,  nos estúdios da gravadora Paulinas-Comep, que está lançando o trabalho nacionalmente.  O Cantores de Deus é um grupo musical católico formado em 1997 pelo padre Zezinho, que inicialmente o acompanhava nos shows, mas depois iniciou uma carreira independente.

Alencastro diz que ficou muito feliz com o resultado. “Quis reunir músicas que falam de vocação, para mim foi um chamado de Deus. O dom que eu tenho coloquei a serviço da igreja. Essas canções vêm para preencher, coloquei temas que realmente abordam várias  questões”.

Carreira

Em 1991, Alencastro gravou o primeiro LP, “Arquiteto do Mundo”, trabalho independente. Nesse mesmo ano, tocou e cantou na visita do papa João Paulo II a Campo Grande. Em 1992, gravou participação no disco “Louvemos o Senhor – Vol. 7” (Paulinas-Comep). Em 1993 e 1994, realizou trabalho na Missão Salesiana de MS em fitas K7. Em 1995, gravou o quinto trabalho, “Cor do Amor” (Paulinas-Comep).

Alencastro foi convidado pelo pe. Zezinho a participar de alguns de seus shows em todo o Brasil. Em 1998, lançou “Guerreiros da Paz” (Paulinas-Comep). No ano de 2001, gravou o CD “Ao Sentir”. No início de 2005,  foi a vez de “Presença Real”, em parceria com a cantora Patrícia. Em setembro de 2008, lançou o CD “Nosso Encontro”, com a mesma parceria.

Em dezembro de 2009, fez uma cantata de Natal em parceria com a cantora Patrícia, na Igreja São José. Em 2018, gravou o CD independente “Estou aqui”, em parceria com a cantora Ghislaine Cantini.

SAIBA

1. Vocação
2. Um Coração para Amar
3. Uma Folha que Caiu
4. Cantiga de Matrimônio
5. Utopia
6. Maria da Minha Infância
7. Cantiga de Paz na Terra
8. Já não Sou Eu Quem Vive
9. Alô Meu Deus
10. Estou Pensando em Deus
Letras e músicas de Padre Zezinho.

Lançamento nacional dia 5, nas plataformas digitais (Spotify, Deezer, iTunes e Google Play).

Em Campo Grande, o lançamento ocorrerá dia 9, às 18h, na Igreja São José, e o CD será vendido também no Santuário Perpétuo Socorro, todas as quartas-feiras, às 13h, durante a novena.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também