Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DANÇA

Bailarino renomado faz audição e apresentação em Campo Grande

Thiago Soares foi primeiro bailarino do London Royal Ballet
10/08/2019 15:10 - NAIANE MESQUITA


 

Um dos maiores nomes do balé clássico mundial, Thiago Soares traz ao Brasil um espetáculo inédito, com a participação de convidados especiais.  O projeto intitulado “Thiago Soares e Amigos” será apresentado nas cidades de Campo Grande (MS) – primeira da rota –, Olinda (PE), Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Cuiabá (MT), entre agosto e outubro, e contará ainda com a participação de dançarinos selecionados por meio de audições em cada um dos locais em que será realizado.
Os bailarinos interessados em participar da audição deverão encaminhar o material para o e-mail thiagosoareseamigos@hotmail.com, contendo ficha de inscrição preenchida, comprovante de pagamento da taxa de inscrição, uma foto de corpo inteiro do bailarino ou grupo, e pagar uma taxa de inscrição que varia de R$ 80,00 a R$ 150,00, dependendo do tipo de apresentação e quantidade de participantes. 

EIXO RIO-SP
As cinco cidades que abrem o projeto foram escolhidas pelo primeiro bailarino convidado pelo London Royal Ballet por serem locais em que ele nunca se apresentou, numa tentativa de descentralizar as artes cênicas, promover o intercâmbio entre bailarinos e de revelar novos talentos na dança.

“Thiago Soares e Amigos” apresentará um pouco da dança universal, trazendo coreografias de estilos diferenciados – do clássico a danças urbanas –, mostrados para o público em um mesmo espetáculo. A primeira cidade da turnê será Campo Grande, no Teatro Glauce Rocha, no dia 17 de agosto. 

Os convidados do espetáculo são a primeira bailarina do DanceTheater of Harlem, Ingrid Silva, e a Cia. Shakti Fusion, conhecida por mesclar dança árabe, indiana e flamenca.
Os ingressos para a apresentação estão entre R$ 60 e R$ 180.

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...