Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROGRAMA MUSICAL

Após participar do "Show dos Famosos", Helga Nemeczyk estreia no "Popstar"

Após participar do "Show dos Famosos", Helga Nemeczyk estreia no "Popstar"
18/10/2019 12:00 - CAROLINE BORGES/TV Press


Cantar é uma antiga paixão de Helga Nemeczyk. No entanto, a atriz, que começou a cantar na igreja aos 13 anos, nunca teve a chance de desenvolver seu lado cantora sem estar atrelada a um personagem na ficção. Por isso mesmo, a escalação para a terceira temporada do “Popstar”, que estreia no próximo dia 27, era a oportunidade ideal para abrir novos caminhos em sua trajetória no vídeo. Ao lado de 12 concorrentes, ela irá exibir suas habilidades vocais, com repertório e apresentações pensadas especialmente para o programa. “Eu amo cantar! E queria ter a oportunidade de cantar como ‘Helga’, sem estar escondida atrás de um personagem. O que me deixa mais nervosa no programa é o fato de não estar escondida. Estou descobrindo a minha voz de Helga e me mostrar como eu mesma está sendo um aprendizado”, afirma.

Helga Nemeczyk, participante do "Popstar", da Globo. (Foto: Divulgação/Caio Gallucci)

O convite para participar do “reality show” comandado por Taís Araújo surgiu durante a temporada do “Show dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”, que foi ao ar no ano passado. No palco, ao vivo, Boninho convidou Helga para a nova edição do “Popstar”. Durante o quadro, Helga encarnou nomes conhecidos da música, como Luciano Pavarotti, Ana Carolina, Madonna e Beyoncé. “Ele cumpriu a promessa”, vibra Helga, que irá levar a experiência do “Domingão” para a nova competição. “Acho que a experiência no ‘Show dos Famosos’ irá me ajudar muito a cantar ao vivo. Já tive essa oportunidade no Faustão. Vai ser bom para me ajudar a controlar toda a adrenalina”, completa.

Nas últimas semanas, Helga deu início aos ensaios e gravações do programa. Antes da estreia, a atriz tem tido acompanhamento de uma fonoaudióloga e também tem feito meditação para controlar a ansiedade. “Estou muito feliz com a estrutura, com o som. Me sinto confortável no palco. Claro que estou ansiosa e com um pouquinho de medo, mas estou segura. O palco é incrível, o cenário maravilhoso, imagino como vai ser com a plateia e ao vivo. Muita energia”, ressalta. Helga também já começou a fazer pesquisas para seu repertório. A atriz pretende seguir uma linha de R&B nacional e internacional. “No meu repertório estão algumas divas do R&B, porque quero cantar mulheres que falam coisas necessárias e que precisam ser ouvidas, coisas em que acredito”, aponta.

Nascida e criada em Madureira, subúrbio do Rio de Janeiro, Helga é neta de um tcheco e também descende de poloneses. Aos 38 anos, a atriz é bastante lembrada por seu período no “Zorra Total”, em que ficou entre os anos de 2006 e 2015. Além do humorístico, ela também integrou o elenco de “Rock Story”. “Sempre gostei de teatro, minha família sempre me levava para assistir a peças quando era criança. Sempre fui encantada com isso. Sempre fui musical e artista, desde criança. Não tinha como ser outra coisa depois que cresci”, lembra.

Felpuda


Considerados “traíras” por terem abandonado o barco diante dos indícios da chegada da borrasca à antiga liderança, alguns pré-candidatos terão de se esforçar para escapar da, digamos assim, vingança, velha conhecida da dita figurinha. Dizem por aí que há promessas nesse sentido, para que os resultados dos “vira-casacas” nas urnas sejam pífios. Sabe aquela velha máxima: “Pisa. Mas, quando eu levantar, corre!” Pois é...