Quinta, 08 de Dezembro de 2016

VESTIBULAR

Primeira fase da Fuvest 2017 aborda
crise de refugiados e poluição

27 NOV 2016Por FOLHAPRESS17h:01

Crise de refugiados na Síria e poluição na Baía de Guanabara, no Rio, foram alguns dos temas das questões exigidas na primeira fase da Fuvest 2017, de acordo com os primeiros candidatos que terminaram a prova que ocorre neste domingo (27). O vestibular seleciona alunos para a USP (Universidade de São Paulo) e Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa.

Segundo a estudante Ingra Nanini, 17, a questão sobre refugiados trazia uma foto do corpo do menino sírio Aylan Kurdi, encontrado em uma praia na Turquia em setembro de 2015.

"A pergunta falava sobre a banalização da morte. Muitos morrem nessas situações e a gente não pensa que cada pessoa tinha seus sonhos", diz ela, que disputa uma vaga em design gráfico na USP e fez a prova no prédio da FAU (Faculdade de Economia e Administração), na Cidade Universitária, zona oeste da capital paulista.

Aluna de escola pública na região do Butantã, zona oeste, ela diz não acreditar muito no sonho de entrar na universidade. "Estava muito difícil, sou a única da minha escola a tentar a USP. Ninguém fala de Fuvest na escola".

De acordo com a candidata Luana Reboredo, 17, a parte de exatas foi a mais difícil dessa primeira fase. "Foi bem mais difícil que o Enem", diz. Estudante do 3º ano de uma escola particular, Luana quer estudar nutrição.

Os candidatos tiveram que fazer neste domingo 90 questões de múltipla escolha sobre todas as disciplinas do ensino médio. Matemática, física e química foram as mais exigentes, segundo a estudante Francesca Couto e Rosa, 17. Ela está no 2º ano do ensino médio e fez a Fuvest como treino. "Muitas questões tinham conteúdo que eu nunca vi", diz.

A prova também abordou livros como Vidas Secas (de Graciliano Ramos), Memórias Póstumas de Brás Cubas (de Machado de Assis) e Iracema (de José de Alencar). "Tinha que ter lido o livro pra responder, se fosse só um resumo não adiantaria", disse Felipe Tamaki, 17, em busca de uma vaga de arquitetura.

A prova começou às 13h (de Brasília) e os candidatos tiveram até as 18 horas para terminar. Este ano, 136.736 candidatos se inscreveram no vestibular. Eles disputam 8.854 vagas, sendo 8.734 de cursos da USP e 120 da Medicina da Santa Casa.

O resultado da primeira fase será divulgado no dia 19 de dezembro. As provas da segunda fase serão realizadas nos dias 8, 9 e 10 de janeiro de 2017. Além da Fuvest, a USP também vai escolher parte de seus alunos pelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Leia Também