Domingo, 28 de Maio de 2017

GRAMMY-2017

Presidente do Grammy diz que premiação não tem problema racial

15 FEV 2017Por FolhaPress14h:30

Neil Portnow, presidente-fundador do Grammy afirmou que a premiação não tem problema racial em entrevista ao site "Pitchfork".

A fala se deu em resposta à polêmica sobre suposto racismo da cerimônia, que ocorreu devido ao fato de nenhum negro ter ganho o prêmio de Álbum do Ano desde Herbie Hancock em 2008.

Segundo o presidente, os prêmios são votados entre os 14 mil membros da Academia. A premiação conta com 84 categorias, "nas quais reconhecemos todos os tipos de músicas de todos os tipos de espectros"

"Nós como músicos, na minha humilde opinião, não ouvimos canções baseadas no gênero, raça ou etnia. Nós pedimos para que não se preste atenção nas vendas e no marketing. Eles devem ouvir a música. Assim, os 14 mil eleitores ouvem a música, tomam uma decisão e votam", explicou Portnow.

A cerimônia que aconteceu neste domingo (12) recebeu diversas críticas referentes a falta de diversidade racial. Em protesto, Drake, Kanye West e Justin Bieber, apesar de indicados a prêmios, não compareceram à cerimônia.

Leia Também