Domingo, 23 de Julho de 2017

CORREIO RURAL

JBS reverte prejuízo e tem lucro
de R$ 694 milhões no 4º trimestre

15 MAR 2017Por DA REDAÇÃO16h:27

A JBS teve lucro líquido de 694 milhões de reais para o quarto trimestre de 2016, revertendo resultado negativo sofrido um ano antes, informou a maior processadora de carne bovina do mundo.

Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, porém, o lucro líquido dos três últimos meses de 2016 caiu 21,8 por cento.

A companhia apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 3,1 bilhões de reais no quarto trimestre, 0,6 por cento abaixo do resultado obtido um ano antes e 1 por cento menos que no terceiro trimestre de 2016.

Analistas esperavam, em média lucro, líquido de 844 milhões de reais para o quarto trimestre, e Ebitda de 3,4 bilhões.

O balanço foi divulgado pouco depois que a JBS anunciou a compra da empresa de produtos suínos norte-americana Plumrose por 230 milhões de dólares.

A JBS teve receita líquida de 41,63 bilhões de reais no quarto trimestre, uma queda de 11,7 por cento sobre o mesmo período de 2015. Na comparação com o terceiro trimestre, o faturamento subiu 1,1 por cento.

A empresa, que opera em mais de 20 países e está preparando uma oferta pública inicial (IPO) de suas operações internacionais, estima um ambiente melhor de negócios neste ano.

Em carne bovina no Brasil a expectativa é de “cenário mais favorável”, com mais oferta de animais para abate e demanda dos consumidores estável ante 2016. Pesa na avaliação ainda a abertura do mercado norte-americano, o que deve fomentar exportações a partir do Brasil.

Em carne de frango, a JBS tem perspectiva positiva em 2017, graças aos recentes casos de gripe aviária que atingiram grandes mercados consumidores e produtores na Europa e na Ásia, afirmou a companhia no balanço.

As despesas com vendas no quarto trimestre recuaram 12,6 por cento na comparação anual, mas subiram 11,2 por cento sobre o período de julho a setembro do ano passado. As despesas gerais e administrativas subiram 25,8 por cento sobre os três últimos meses de 2015 e 43 por cento na comparação trimestral.

A JBS terminou 2016 com 237 mil funcionários ante 238 mil em 2015.

O balanço do grupo no período foi apoiado também por uma redução no resultado financeiro líquido negativo, que caiu cerca de 46 por cento sobre o quarto trimestre de 2015, para 939,8 milhões de reais.

A JBS encerrou 2016 com dívida líquida de 46,9 bilhões de reais ante 47 bilhões em 2015. A alavancagem ficou em 4,16 vezes ante 3,18 vezes no ano anterior e 4,32 vezes no terceiro trimestre.

Leia mais notícias em nosso suplemento Correio Rural, clicando aqui.

 

Leia Também