Sábado, 24 de Junho de 2017

gafe

Presidência comete equívoco e chama
Rússia de República Socialista

19 JUN 2017Por FOLHAPRESS22h:00

Às vésperas da viagem oficial do presidente Michel Temer, o site oficial da Presidência da República errou o nome do destino do peemedebista.

Na manhã desta segunda-feira (19), a Rússia, cujo nome oficial hoje é Federação Russa, foi chamada na agenda presidencial de República Socialista Federativa Soviética da Rússia.

A alcunha passou a ser utilizada em 1917, quando o país europeu se tornou uma nação socialista, e foi trocada para Federação Russa em 1991, pouco antes da dissolução da União Soviética.

A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto reconheceu o equívoco. Segundo ela, tratou-se de um "erro humano" que foi consertado ainda na manhã desta segunda-feira (19).

Não é a primeira vez que a equipe presidencial comete erros na internet. Em janeiro, as senhas de todas as redes sociais administradas pelo Palácio do Planalto foram vazadas acidentalmente no Twitter.

O erro aconteceu em um tuíte do perfil Portal Brasil, que falava sobre a permanência da Força Nacional no Rio Grande do Norte. Em anexo, foi postado um link para um arquivo com as senhas de redes sociais como Facebook, Twitter e Instagram.

O presidente embarca na tarde desta segunda-feira (19) para a Rússia, onde terá encontro com o presidente Vladimir Putin. A viagem ocorre no momento em que o peemedebista enfrenta acusações do empresário Joesley Batista, da JBS.

Em entrevista, ele acusou o peemedebista de ser o "chefe da quadrilha mais perigosa do país". O presidente refutou a acusação e ingressará nesta segunda-feira (19) com processo contra o executivo por danos morais e crimes contra a honra: calúnia, difamação e injúria.

A defesa do peemedebista pretende indicar uma instituição de caridade para doar o valor da indenização caso vença os processos judiciais.

Leia Também