Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Ponta Porã

Com quase 30 crimes em 15 dias,
onda de roubos aterroriza moradores

Baixo efetivo de policiais estaria contribuindo para violência

15 OUT 2016Por ALINY MARY DIAS11h:29

Se não bastasse ter de conviver com os conflitos entre traficantes na fronteira do Brasil com o Paraguai, moradores de Ponta Porã têm vivido onde de crimes nos últimos dias e a situação amedronta quem vive na cidade. Conforme levantamento da imprensa local, foram 26 veículos roubados nos últimos 15 dias.

Além dos roubos a veículos, ataques a comércios e pessoas que transitam nas ruas também têm levado medo aos moradores.

Um dos fatores que aumentam ainda mais a insegurança de quem mora em Ponta Porã é o baixo efetivo de policiais militares. Jornais locais da cidade afirmam que nos últimos meses a Polícia Militar pouco tem feito na cidade porque houve uma série de transferência de policiais para outras cidades.

Para quem vive na cidade, o consenso é de que Ponta Porã vive uma das ondas de crimes mais intensas dos últimos anos.

Ao site Porã News, o comandante do Batalhão da PM da cidade, Waldomiro Centurião Machado afirmou que as transferências têm objetivo de aumentar a segurança da população. Grupos de moradores iniciam movimentações para cobrar mais segurança na fronteira.

 

Leia Também