Sexta, 23 de Junho de 2017

FRAUDE NA FOLHA

Ministério Público Estadual vai intimar dois deputados para explicar 'fantasmas'

Eles terão de dar explicações sobre a contratação de funcionários em seus gabinetes

17 MAR 2017Por GABRIELA COUTO05h:00

Os deputados estaduais Felipe Orro (PDT) e Paulo Corrêa (PR) vão ser intimados para darem explicações ao Ministério Público Estadual (MPE) sobre a contratação de funcionários fantasmas para seus gabinetes. Além disso, o MPE irá ouvir a direção dos Recursos Humanos da Assembleia Legislativa para identificação de assessores que recebem sem trabalhar em todos os gabinetes dos parlamentares.

A decisão de convocar os parlamentares é do promotor de Justiça, Marcos Alex Vera de Oliveira, do Gecoc (Grupo Especial de Combate à Corrupção), após analisar a remessa de documentos enviados pela Casa de Leis, a pedido do procurador-geral de Justiça, Paulo Passos. 

A intenção do órgão é formar convicção jurídica a respeito dos fatos para confirmar se houve improbidade administrativa dos parlamentares investigados por possível fraude na folha de ponto de servidores da instituição. No Legislativo o procedimento foi arquivado e encaminhado para MPE promover as investigações.

(*) A reportagem completa está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também