Segunda, 22 de Maio de 2017

Bomba no Planalto

Maioria da bancada de MS defende
a saída de Michel Temer

Deputados federais que mais pediram o afastamento foram aliados

19 MAI 2017Por DA REDAÇÃO06h:00

A maioria da bancada federal de Mato Grosso do Sul, incluindo os aliados, defende o afastamento do presidente Michel Temer, após virem a público as denúncias de um dos donos do Grupo JBS, Joesley Batista, que gravou o presidente dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O único parlamentar federal do Estado a defender Temer foi Carlos Marun (PMDB).

Já atuando em defesa do presidente Temer no Congresso Nacional, o deputado disse que “vivemos um grande problema, mas nos cabe agora pedir aos partidos da base, e nós temos de fazer este pedido, que mantenham a serenidade, permitam que avancem as investigações antes de tomar uma decisão concreta”.

Enquanto isoladamente Marun defende Temer, os tucanos Geraldo Resende e Elizeu Dionizio defendem o afastamento imediato do presidente da República, mesmo com o partido ocupando ministérios e cargos estratégicos no governo.

*Leia reportagem, de Clodoaldo Silva, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também