Quarta, 22 de Novembro de 2017

ADMINISTRAÇÃO

Governador ainda não tem nomes para secretarias de Justiça e de Fazenda

Titulares das pastas vão deixar os cargos para assumirem outras vagas

8 NOV 2017Por MARESSA MENDONÇA E YARIMA MECCHI11h:15

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse durante agenda pública realizada hoje que ainda está analisando nomes de substitutos para as secretarias de Estado de Fazenda (Sefaz) e de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Isto porque os titulares das pastas devem deixar os cargos para assumirem outras vagas.

“Nós vamos avaliar a pessoa que vai substituir após a votação que a Assembleia fará”, declarou o governador ao ser questionado sobre quem vai assumir a Sefaz.

O titular da pasta atualmente, Márcio Monteiro, foi indicado pelo chefe do Executivo estadual para ser conselheiro do Tribunal de Contas do Estado em substituição a José Ricardo Cabral, aposentado recentemente.

Além desta indicação, a Assembleia vota sobre a indicação do nome de Flávio Kayatt (PSDB), feita por outros deputados estaduais para substituir Marisa Serrano, outra conselheira do TCE que se aposentou.

SEGURANÇA

Em relação ao novo secretário de Segurança, Azambuja informou que José Carlos Barbosa, que responde pela pasta atualmente, só deixará o cargo depois de cumprir vários compromissos. “Na hora que finalizar isso nós vamos marcar a data, aí ele retorna à Assembleia”, disse.

Segundo Azambuja, o retorno de Barbosa à Casa de Leis era previsto até porque ele vai concorrer a algum cargo legislativo no ano que vem. “E aí nós vamos escolher uma pessoa que vai sucedê-lo”, finalizou o governador.

Leia Também