Domingo, 04 de Dezembro de 2016

POLÍTICA

Em conversa gravada, Temer disse a Calero ter sido 'inconveniente'

29 NOV 2016Por FOLHAPRESS22h:00

Em conversa gravada, o presidente Michel Temer disse ter sido "inconveniente" com o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero ao insistir para que ele permanecesse no cargo.

A transcrição da conversa entre Temer e Calero, ocorrida no último dia 18, foi divulgada nesta terça-feira (29) pela Globonews.

"Quero pedir minha demissão e quero que o sr. aceite, por gentileza, porque eu não me vejo mais com... condições e espaço de estar no governo", disse Calero.

Temer afirmou: "se é sua decisão, tem que respeitar. Ontem, acho que até fui um pouco inconveniente, né? Insistindo muito para você... para você permanecer. Confesso que não vejo razão pra isso, mas você terá as suas razões."

As conversas foram gravadas pelo próprio Calero e entregues à Polícia Federal. Temer reclamou publicamente sobre o fato de ter sido gravado.

Em outra conversa divulgada pela Globonews, o secretário de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, fala com Calero sobre o caso do prédio embargado pelo Iphan em Salvador.

"Eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter com essa história, não", disse o então ministro.

Rocha diz: "O que ele [Temer] me falou pra falar era: 'veja se ele encaminha, e não precisa fazer nada, encaminha pra AGU.'"

Leia Também