Domingo, 04 de Dezembro de 2016

impcg

Deputados alertam Marcos Trad
sobre 'maquiagem' nas contas

Críticas à administração de Alcides Bernal agitaram a sessão de ontem

30 NOV 2016Por DA REDAÇÃO04h:00

Críticas ao governo de Alcides Bernal (PP) agitaram a sessão de ontem (29), da Assembleia Legislativa. Indignado com a falta de atendimento médico a servidores municipais, o deputado estadual Coronel David (PSC) voltou a denunciar, o “sumiço” de R$ 109 milhões do Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG).

A queixa dele foi seguida por outros parlamentares que se mostraram irritados com a atual administração municipal e com a possível “maquiagem” nas contas públicas.

Em seu discurso, David pediu providências ao Ministério Público Estadual (MPE) em relação à falta de atendimento médico a funcionários da Prefeitura da Capital.

O motivo, segundo ele, seria o “rombo” verificado por ele em junho deste ano, no Instituto de Previdência. “Em maio de 2013 havia R$ 110.650.995,27 na conta do IMPCG, já em 30 de maio deste ano, foi divulgado o valor de R$ 874.552,19. Ou seja, houve um sumiço de R$ 109.776.443,08.

*Leia reportagem, de Tavane Ferraresi e Izabela Jornada, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Leia Também