Segunda, 26 de Junho de 2017

Delação Odebrecht

Citado em delações, Puccinelli continua sendo nome mais forte do PMDB

Aliados permanecem declarando apoio incondicional ao peemedebista

18 ABR 2017Por IZABELA JORNADA12h:00

Mesmo com as delações da empreiteira Odebrecht, envolvendo o 'nome mais forte' do PMDB, integrantes do partido são unânimes em defender a candidatura do ex-governador André Puccinelli para as eleições de 2018. "André ainda tem meu apoio incondicional", declarou o deputado estadual Eduardo Rocha.

O parlamentar concordou que a citação de André nas delações da Operação Lava Jato desgastou o aliado. "É claro que politicamente há um desgaste, mas André continua sendo nosso nome mais forte".

As denúncias contra André são do ex-executivo da empreiteira, João Antônio Pacífico Ferreira. Ele alegou que o peemedebista participou de crime de corrupção, relatando pagamentos em detalhes. Porém, aliados do correligionário não acreditam em tais afirmações. "Não descarto que seja um desafeto entre políticos e que, por interesses ocultos, queiram denegrir a imagem de um candidato forte para 2018", declarou o deputado Renato Câmara.

Renato também defende que a versão não pode ser maior que os fatos. "Antes de incriminar e sentenciar precisa se provar", finalizou Câmara.

Leia Também