Segunda, 20 de Novembro de 2017

Time Novo

Beto Pereira é escolhido como
novo presidente regional do PSDB

Definição aconteceu por consenso e contou com chapa única

25 OUT 2017Por IZABELA JORNADA E ALINE OLIVEIRA19h:19

Foi anunciado nesta quarta-feira (25), durante entrevista coletiva realizada na sede do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB/MS), em Campo Grande, que o deputado estadual Beto Pereira será o novo presidente da Executiva em Mato Grosso do Sul.

O mais jovem deputado estadual do partido tucano no Estado assume a representatividade em um momento favorável para a sigla tucana, que tem eleitos além do governador Reinaldo Azambuja: 36 prefeitos, sete deputados estaduais e dois federais.

“Agradeço a confiança depositada e me sinto ungido para uma importante missão que é promover a união do partido em busca da reeleição do governador Reinaldo. Nosso objetivo é conduzir o partido para um alinhamento das eleições 2018, visto que teremos candidato próprio a presidência e também ao senado”, esclarece.

No dia 11 de novembro acontecerá a eleição do diretório e da executiva , que terá chapa única nas duas etapas.

“A decisão de ter um grupo em consenso comprova que estamos trabalhando com afinidade, e isso se deve ao governador Reinaldo Azambuja que nos pediu consenso. Todos os postulantes ao cargo são homens públicos experientes e preparados para assumir a missão, então só tenho a dizer que vou me dedicar totalmente, assim como em outras missões que assumi”, reforça o deputado.

O PSDB conta com 30 mil filiados no Estado e a definição para composição do grupo que vai compor o diretório e a executiva deve acontecer até dia 4 de novembro, enquanto que a convenção estadual acontecerá no dia 11.

Segundo informações da coordenação, o diretório é composto por 105 membros, entre suplentes e delegados e a expectativa de Pereira é fortalecer ainda mais a base estadual e federal. “Queremos conduzir o trabalho para eleger o maior número de deputados federais possível e a maior bancada na assembleia legislativa”, conclui.

Leia Também