Quarta, 22 de Novembro de 2017

Votorantim inicia em junho as obras da fábrica de aço

26 MAR 2010Por 05h:53
A fábrica de aço da Votorantim Siderurgia, em Três Lagoas, deverá ser implantada a partir deste ano, com investimentos previstos de R$ 180 milhões. A planta terá capacidade para produzir 450 mil toneladas de aço e ofertará 400 empregos diretos na fase de funcionamento, prevista para começar em junho de 2012. Até o final de abril de 2010, a Votorantin receberá as licenças ambientais. Em julho deste ano iniciam as obras de terraplanagem e a construção civil está prevista para iniciar em novembro. A unidade sul-mato-grossense será similar à fábrica construída em Resende, no Rio de Janeiro. A obra da fábrica prevê a geração de 2,5 mil empregos, diretos e indiretos. O cronograma de obras foi entregue ontem, pelo diretor-superintendente da Votorantim, Albano Vieira, ontem, ao governador André Puccinelli. A unidade de Três Lagoas produzirá aço para a construção civil. A Votorantim Siderurgia também implantará, nos próximos dois anos, um Centro de Serviço de Distribuição de Aço, em Campo Grande, para atender a construção de edifícios. “Optamos por Mato Grosso do Sul pela posição geográfica de mercado privilegiada e por ser um Estado que cresce a cada segundo. Estamos recebendo também todo o apoio e incentivo do governo do Estado. O início das obras está previsto para junho de 2010. O destino do aço atenderá o mercado de Mato Grosso do Sul, Centro-Oeste e Sudeste”, declarou Albano Vieira. O governador André Puccinelli apresentou ao grupo de diretores da Votorantim Siderurgia, presentes na reunião, as ações de desenvolvimento realizadas no Estado desde 2007. “Mato Grosso do Sul está inexoravelmente fadado ao crescimento, colocando em prática o plano de integração regional sul-americano”, destacou. No primeiro ano de produção, 2012/2013, a fábrica produzirá 200 mil toneladas de aço. “Temos nossa equipe toda montada. Viemos selar nosso compromisso, para daqui a 40 dias fecharmos os contratos e início da implantação da Votorantim em Três Lagoas, com tecnologia moderna, altamente ecológica”, afirmou Albano. “Três Lagoas terá um Instituto Federal de Tecnologia para capacitar a mão de obra para trabalhar na Votorantim Siderurgia e também fornecerá toda a mão de obra necessária para a construção da fábrica”, afirmou a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet. O Grupo Votorantim Siderurgia possui fábricas na Colômbia e na Argentina, investindo cerca de R$ 3,8 milhões nos últimos quatro anos, com a meta de produção de 2,1 milhões de toneladas de aço/ano. Estiveram presentes na reunião a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet; a viceprefeita, Márcia Moura; a secretária do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria e Comércio, Teresa Cristina Corrêa da Costa; o secretário de Meio Ambiente, do Planejamento, Ciência e Tecnologia, Carlos Alberto Negreiros Said Menezes; vereadores de Três Lagoas; o gerente-geral de Projetos da Votorantim, José Roberto Piagentini e representantes executivos do grupo.

Leia Também