Sexta, 24 de Novembro de 2017

Vereadores de Corumbá querem antecipar eleição da Mesa Diretora

29 ABR 2010Por 06h:38
Sílvio Andrade, de Corumbá

A Câmara de Vereadores de Corumbá decidiu antecipar de 15 de dezembro para 5 de maio a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2011/2012. A decisão aprovada por 11 votos a três, na terça-feira, rachou o PT, partido do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, cuja bancada tem cinco vereadores.
A próxima eleição deverá ter chapa única, encabeçada pelo vereador Evander Vendramini Duran, líder do PP. O atual presidente, Antônio Galã (PT), está cotado para 2º vice-presidente, enquanto Marcelo Iunes (PMDB) assumiria a 1ª vice. Antônio Rufo (PR) deve ser reeleito na 1ª secretaria. A 2ª secretaria ainda está indefinida.
O grupo do prefeito reagiu à antecipação da eleição, alegando que não havia “fato relevante” e insinuando haver “uma maracutaia”. Apenas os vereadores João Bosco e Carlos Machado votaram contra, seguindo o líder de governo Salatiel do Nascimento (PDT). Vendramini explicou que a mudança de data se deve à aproximação das eleições.
A antecipação da eleição foi um duro golpe no Executivo, que é contra a presença de quatro vereadores, um dos quais do PT, não diplomados, mas empossados por decisão judicial. A lei orgânica do município prevê 15 vereadores, mas o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) diplomou apenas 11, acompanhando resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 2009.

Leia Também