Sexta, 24 de Novembro de 2017

Vendedor de leite assassinado a pauladas e facadas em Sidrolândia

25 AGO 2010Por 05h:47
MICHELLE ROSSI

O vendedor de leite Jorge Alves de Oliveira, 57 anos, foi assassinado a golpes de pau e de faca. O crime aconteceu na segunda-feira à noite, no Assentamento Geraldo Garcia, na área rural de Sidrolândia (MS). A vítima foi encontrada dentro da própria casa, já sem vida. Oliveira não era casado, mas tinha filhos.
De acordo com a delegada responsável pelas investigações em torno do caso, Gabriela Stainle, da Poaczzlícia Civil de Sidrolândia, não está descartada a hipótese de latrocínio – morte seguida de roubo. “Estamos trabalhando com todas as linhas de investigação. Ainda não podemos descartar nenhuma hipótese”, descreveu.
As armas do crime não foram apreendidas nem tampouco os suspeitos foram identificados. A delegada informou, entretanto, que está ouvindo depoimento de familiares e pessoas próximas à vítima.   O vendedor não tinha passagem pela polícia.

Por ciúmes
Em outra cidade do interior de Mato Grosso do Sul,  Ribas do Rio Pardo, foi presa também na segunda-feira, Marina Maria de Souza Silva, de 52 anos. Ela é acusada da autoria do homicídio de seu companheiro, Francisco Borges Ferreira, 51 anos, morto no último sábado. O assassinato aconteceu na Fazenda Polo Norte, a 90 quilômetros de Ribas do Rio Pardo. Francisco foi encontrado morto com um golpe de faca no pescoço.
A acusada foi encontrada pela polícia durante diligências na BR-262, nas proximidades da cidade, foi encaminhada à delegacia de polícia civil onde confessou o crime, alegando que a motivação do assassinato deu-se em razão de uma briga que o casal teve momentos antes do fato por conta de ciúmes.   
Como a captura da acusada não ocorreu no período de 24 horas após o crime, o que configuraria prisão em flagrante, ela prestou declarações na delegacia e foi liberada logo em seguida. No entanto, sua prisão preventiva pode ser decretada a qualquer momento. 

Leia Também