Sexta, 24 de Novembro de 2017

Vândalos mudam alvo e passam a destruir semáforos na Capital

23 JUL 2010Por 08h:25
anahi zurutuza

Além de danificar orelhões, pontos de ônibus e lâmpadas da iluminação pública, vândalos passaram a destruir semáforos em Campo Grande. Desde o início do ano, 12 ocorrências de furto dos focos para pedestres dos sinaleiros foram registradas na Capital.  O prejuízo aos cofres do município já somam quase R$ 10 mil.
O último roubo aconteceu no semáforo situado no cruzamento da Rua Antônio Maria Coelho com a Paulo Coelho Machado (antiga Furnas). Segundo o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Rudel Trindade Junior, a parte do equipamento furtada não tem qualquer outra finalidade que não servir para a sinalização. “Não tem nada ali dentro que pode ser vendido, isso nos leva a crer  que os focos de pedestres têm sido roubados por vândalos mesmo”.
De acordo com o diretor da Agetran, os furtos não só dão prejuízos financeiros, mas causam transtornos à população. “A sinalização para pedestres é de extrema importância para garantir segurança no momento da travessia de cruzamentos movimentados, como por exemplo da Paulo Coelho Machado com a Antônio Maria Coelho”.
Além disso, segundo Rudel, o conserto dos semáforos danificado esbarra na burocracia, já que para recolocar os focos furtados, a Agetran precisa abrir licitação para compra dos novos equipamentos.
A Agetran já registrou 12 boletins de ocorrência sobre os furtos este ano e o diretor de trânsito garante que está cobrando da Polícia Civil (PC) que investigue os casos,  na tentativa de localizar e punir os autores dos roubos. “A gente pede também para que a população fique atenta e sempre que vir pessoas estranhas (não uniformizadas) mexendo nos semáforos que, imediatamente, ligue para o plantão da Polícia Militar (PM), no 190”.

Leia Também