Segunda, 20 de Novembro de 2017

Vagas de trabalho no setor imobiliário quadruplicam em 2010

28 JUN 2010Por 06h:24
Achegada de novos empreendimentos imobiliários em Mato Grosso do Sul tem empregado mais trabalhadores não só no setor da construção civil, que registrou números recordes nos últimos meses. Maior volume de oportunidades também está se abrindo em outros segmentos, como o de serviços. De janeiro a maio deste ano o número de empregados ligados ao comércio e administração de imóveis no Estado, por exemplo, cresceu 441,5% frente ao mesmo período do ano passado.

Já são 1.787 contratados nas áreas de corretagem e administração de imóveis residenciais e comerciais em 2010, contra apenas 330 no ano anterior, conforme dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O montante representa cerca de um terço das 5.679 vagas geradas e preenchidas em todo o setor de serviços no ano no Estado.

Segundo o economista Áureo Torres, esse crescimento se deve basicamente às facilidades de aquisição da casa própria, que fez disparar o volume de empreendimentos imobiliários em oferta. “Este tem sido um ano de grande disponibilidade de crédito da poupança e também do Fundo de Garantia. Muitos estão conseguindo comprar um imóvel hoje não pelos preços, que em alguns casos estão até mais caros do que antes, mas sim pela facilidade de contratar financiamentos e consórcios”, explica.

Com mais negócios em andamento aumenta a necessidade de profissionais na área de corretagem para atender a esse público que, além de crédito, encontra vantagens em alguns programas habitacionais como, por exemplo, o Minha casa, Minha Vida, que dá subsídios que chegam a totalizar R$ 17 mil a quem se enquadra no perfil descrito pelo programa. Juros mais baixos e a possibilidade de usar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também são atrativos que fazem crescer o volume de atendimentos em imobiliárias e construtoras, exigindo cada vez mais profissionais atuando no segmento.

Leia Também