Sexta, 17 de Novembro de 2017

Vacina antipólio fica disponível em 120 postos

11 AGO 2010Por 07h:23
anahi zurutuza

As 186 mil crianças (de 0 a 4 anos) de Mato Grosso do Sul que tomaram a vacina contra a poliomielite, em junho, quando foi realizada a 1ª Etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil, têm de tomar a dose-reforço contra a doença a partir de sábado (14), data marcada para o início da 2ª etapa de imunização. Também os menores de 5 anos que não receberam a vacina na 1ª fase devem ser levados aos postos de vacinação. Na Capital, a Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) vai disponibilizar as doses em pelo menos 120 pontos da cidade. (veja infográfico).
Na 1ª etapa da campanha, as secretarias de Estado de Saúde e Municipal de Saúde não conseguiram atingir a cobertura vacinal exigida pelo Ministério da Saúde. Em Mato Grosso do Sul, foram vacinadas 186 mil das 206 mil crianças do Estado, ou seja, 90% da população. Já na Capital, somente 81% dos menores de 5 anos foram imunizados — 49.555 dos 61.047 que deveriam ter tomado a vacina. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para cada estado e município é de vacinar, no mínimo, 95% da população na faixa etária.

Meta
Neste outro período de imunização contra a paralisia infantil, o objetivo é de aplicar as doses-reforço também em 95% das crianças com menos de 5 anos. A abertura da 2ª Etapa da Campanha de Vacinação Contra Poliomelite acontece neste sábado, às 8 horas, na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Carlota.
A chefe do Serviço de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Erci Hirota, explica a importância da aplicação da vacina-reforço contra a poliomielite. “No Brasil a paralisia infantil já é uma doença erradicada, mas isso não quer dizer que nossas crianças estão livres de contrair a pólio. A segunda dose torna o organismo da criança mais forte, quero dizer, mais imune à doença”.
No próximo sábado, os postos de vacinação funcionarão das 7h às 17h, com exceção da unidade de aplicação da vacina instalada no Shopping Campo Grande, que vai aplicar as doses das 10h às 22h.

Leia Também