Quinta, 23 de Novembro de 2017

Uruguai elimina Gana em jogo dramático

3 JUL 2010Por 00h:12
Johannesburgo, África do Sul

Em um jogo possivelmente o mais dramático da Copa do Mundo até agora, a seleção uruguaia resgatou sua tradição e garantiu presença na semifinal da Copa do Mundo pela primeira vez em 40 anos. Para isso, impediu Gana de fazer história na África do Sul. Após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar e uma emocionante prorrogação, triunfou por 4 a 2 nos pênaltis.
A última vez que os uruguaios chegaram à semifinal de um Mundial foi em 1970, quando foram eliminados pela seleção brasileira comandada por Pelé. O algoz verde-amarelo não entrará mais no caminho da Celeste Olímpica nesta busca pela final, mas os comandados de Oscar Tabárez terão um adversário de peso: na próxima terça-feira, enfrentam a Holanda, às 14h30min (MS).
No último segundo, Luis Suarez colocou a mão na bola, dentro da área e foi expulso. Em qualquer outra situação, seria o vilão. Mas ele tornou-se o herói da classificação do Uruguai. O lance aconteceu no último segundo da prorrogação. O gol de Gana era certo. O pênalti, a última alternativa. Quando Asamoah Gyan bateu, os uruguaios já choravam. Mas ele acertou a trave e o jogo foi para as penalidades.
Nos pênaltis, o goleiro Muslera defendeu duas cobranças e o atacante botafoguense Loco Abreu, em grande estilo, selou a classificação uruguaia.
A derrota de Gana simbolizou o fim do sonho africano na primeira Copa do Mundo sediada pelo continente. Ontem vuvuzelas sopraram forte pelas Estrelas Negras e uma vitória teria marcado a melhor campanha de africano em Mundiais. O time bateu na trave e, como em 2006, caiu nas quartas de final.

Leia Também