Domingo, 19 de Novembro de 2017

Nissan GTR,

Um carro de corrida

22 JAN 2010Por 07h:05
Ao entrar no Nissan GTR, as sensações são aquelas típicas de quando adentra um superesportivo. Dentro do bólido não faltam luxo e conforto. Mas o interior ainda parece um carro de corrida. E o modelo não se acanha em explicitar os 485 cv que pode oferecer. No circuito de Piero Taruffi, no Autódromo de Vallelunga, o esportivo mostrou comportamento agressivo e respondeu com entusiasmo às investidas no pedal do acelerador. Nem a chuva que havia caído pela manhã no circuito atrapalharam o desempenho do GTR, que mesmo com asfalto molhado se adapta e leva ao motorista condições perfeitas de dirigibilidade. Nas curvas, o sistema VDC – Vehicle Dynamic Control – controla a flutuação do veículo sem hesitação. Na reta, com o pé embaixo, a velocidade aumenta sem perder a aderência ao solo. E, graças ao sistema de dupla embreagem da transmissão, não se sente a mudança de marchas. Quando freado, o carro responde com um sistema ABS com EBD que funciona perfeitamente e, novamente, o sistema VDC deixa o carro na linha, impedindo derrapagem. O Nissan GTR certamente é desenvolvido para andar em estradas e projetado para lutar ferozmente com os cronômetros, e não para uma condução no trânsito das cidades. Afinal, zero a 100 km/h em 3,5 segundos não é coisa que se veja todos os dias nos enfadonhos engarrafamentos cotidianos.

Leia Também