Quarta, 22 de Novembro de 2017

Tumulto marca chegada do Santos

24 FEV 2010Por 06h:38
O elenco do Santos foi recebido ontem, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, por aproximadamente 300 torcedores. O assédio dos fãs fez a delegação do Peixe demorar mais de 40 minutos para deixar o local. A Polícia Militar, que destacou apenas 10 homens para a chegada, precisou convocar reforços às pressas e ainda contou com a ajuda de seguranças do clube paulista e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para permitir que os jogadores entrassem no ônibus. As camisas alvinegras começaram a tomar conta do saguão do aeroporto logo depois das 13h. “Eu vim para ver de perto todos os jogadores, mas é claro que eu quero um autógrafo do Robinho”, disse a estudante Jacira Monclaire, 14 anos, enquanto aguardava o desembarque do elenco santista, que aconteceu às 14h30min. Apesar da recepção calorosa, Robinho, Neymar, Pau lo Hen rique Ga nso, Arouca, Giovanni e outros jogadores acabaram frustrando os fãs campo-grandenses. Cercados por vários seguranças e em meio a muito empurra-empurra, nenhum dos atletas deu autógrafos. “Eu já imaginava um tumulto desses, mas o importante é que eu e muitos outros colegas vamos ao Morenão para ver o nosso Santos”, disse João Paulo Esteves, 22 anos, líder da Tubarões, a única torcida organizada do Santos em Campo Grande. Após um atraso de uma hora e meia no cronograma (45 minutos de atraso no voo e outros 45 no desembarque), o elenco santista seguiu para o Hotel Bahamas, onde ficará hospedado até amanhã à tarde, quando retornará para o litoral paulista.

Leia Também