Domingo, 19 de Novembro de 2017

Tucanos desqualificam a pesquisa

15 ABR 2010Por 03h:28
Lidiane Kober

Adversários do PT desqualificaram a pesquisa que aponta empate de José Serra (PSDB) com Dilma Rousseff (PT) na corrida pela Presidência da República e apostam no crescimento do pré-candidato tucano, assim que o debate com a petista começar. Por outro lado, deputados do PT deram ênfase à pesquisa espontânea na qual Dilma figura em primeiro lugar, o presidente Lula, em segundo, e Serra, em terceiro. Para eles, o dado é a prova de que a petista deve crescer ainda mais quando aumentar o contingente de pessoas cientes de que ela é a candidata do presidente.

“Não pode em dez dias, a diferença entre os candidatos diminuir nove pontos percentuais”, opinou o deputado Zé Teixeira (DEM). “Não acredito nisso!”, completou. Conforme pesquisa do Datafolha, Serra teria 36% e Dilma 27% das intenções de voto. Por outro lado, o último levantamento, do Instituto Sensus, apontou o tucano com 32,7% das intenções de voto e a petista com 32,4%. “Tem pesquisa para todos os tipos de gostos. O que importa é que na hora do debate o nosso candidato vai disparar porque tem bagagem e força política”, reforçou o presidente regional do PSDB, deputado Reinaldo Azambuja.

Em contrapartida, os petistas comemoram o crescimento de Dilma e apostam na vitória da petista. Para os deputados Amarildo Cruz (PT) e Paulo Duarte (PT), a prova está na pesquisa espontânea. No levantamento, Dilma aparece com 16%; Lula, que não será candidato, tem 15,3%, e Serra figura com 13,6%.

Leia Também