Quinta, 23 de Novembro de 2017

TSE aprova divulgação de "fichas sujas"

4 MAR 2010Por 05h:04
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na noite de terça-feira as últimas sete resoluções que faltavam para orientar o processo eleitoral deste ano. Entre as regras aprovadas está a que obriga os políticos apresentarem, no pedido de registro da candidatura, documentos informando detalhadamente o teor e a situação de eventuais processos criminais a que respondam. O TSE vai divulgar na internet a “ficha criminal” dos candidatos. Outra mudança refere-se à prestação de contas de campanha. Os partidos políticos terão de discriminar a origem e o destino dos recursos repassados a candidatos e comitês financeiros durante a campanha deste ano, o que poderá tornar mais difícil a prática das chamadas doações ocultas. O TSE decidiu ainda manter a composição da Câmara dos Deputados e das assembleias legislativas, que vigorou nas eleições de 2006, devido à complexidade do tema. Outras resoluções aprovadas referem-se ao voto em trânsito; voto dos presos provisórios; atos preparatórios e doações por meio de cartão de crédito.

Leia Também