Quinta, 23 de Novembro de 2017

Tremor de 6,2 graus sacode o norte do Chile

27 MAR 2010Por 04h:48
Um tremor de magnitude 6,2 na escala de Richter sacudiu ontem o norte de Chile, causando alarme na população, um mês depois do forte terremoto de 8,8 pontos que atingiu o centro e o sul do país. A Marinha descartou a necessidade de emitir alerta de tsunami. “As características do terremoto não reúnem as condições para gerar um tsunami na costa do Chile”, informou o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (Shoa). O epicentro foi localizado a 76 quilômetros ao sul de Copiapó, localidade 804 quilômetros ao norte da capital Santiago. Esse abalo sísmico sentido ontem foi o mais forte registrado no norte do Chile depois do tremor de 6,3 graus de intensidade registrado em 4 de março. O abalo sísmico não foi uma réplica do terremoto que, em 27 de fevereiro, devastou o centro-sul do país, segundo fontes oficiais. O terremoto de ontem provocou evacuação rápida de escritórios e escolas. Com o movimento brusco, alguns alarmes de automóveis e de empresas dispararam. Ainda segundo relatos preliminares, o terremoto de ontem provocou alguns deslizamentos de terra e um colapso momentâneo no serviço de telefonia. O terremoto de 27 de fevereiro no centro-sul do Chile, o quinto mais potente da história moderna, deixou pelo menos 452 mortos identificados e pelo menos cem desaparecidos. Foi a pior tragédia no país em meio século, destruindo 200 mil casas, dezenas de hospitais e centenas de escolas. Familiares de vítimas dos tsunamis devastadores que atingiram o centro e sul do Chile abriram, no início do mês, a primeira ação judicial contra o Estado chileno, que não teria alertado a população a tempo sobre as grandes ondas provocadas pelo forte terremoto de 27 de fevereiro. Filipinas Um terremoto de 6,1 graus na escala Richter atingiu as Filipinas ontem. O tremor, que teve epicentro no mar, ao norte do estreito de Mindoro e a 72,4 quilômetros de profundidade, foi sentido na capital, Manila. O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica no mundo todo, informou que o abalo aconteceu às 2h29min (de Brasília). Filipinas está sobre o chamado ‘Anel de Fogo do Pacífico’, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida por cerca de sete mil tremores por ano, a maioria moderados. Terremotos de magnitude superior a 5 graus na escala Richter acontecem esporadicamente no sul de Mindanao, Batanes e na região oriental de Bicol.

Leia Também