Sexta, 17 de Novembro de 2017

Trânsito mata terceiro motociclista em 24 horas

31 JUL 2010Por 16h:45
Motociclista Evanildo da Silva, de 36 anos, morreu após bater na lateral de um caminhão-baú, na noite de anteontem, na Avenida Tamandaré, em Campo Grande. Este foi o terceiro caso de morte de condutores de motocicleta, em um intervalo de 21h, na Capital. Julho deve fechar como sendo o mais violento desde o início do ano, com pelo menos sete vítimas de colisões, sendo seis motociclistas e um ciclista.
No mais recente acidente, o condutor seguia no sentido centro-bairro pela Avenida Tamandaré quando, na altura do cruzamento com a Rua Monte Azul, próximo da Universidade Católica Dom Bosco, teria invadido a pista contrária ao tentar desviar da tampa da rede de esgoto. No entanto, no sentido contrário seguia o caminhão Ford Cargo baú, cujo condutor não teve a identidade divulgada, mas passou pelo teste de alcoolemia e não apresentou sinais de embriaguez. A moto atingiu a lateral do caminhão e o motociclista morreu na hora.
No período da manhã de quinta-feira, por volta das 8h, Douglas Willian Lemes Diniz Machado, de 21 anos, morreu em colisão com caminhão na Avenida Gury Marques. Ele também estava em uma moto. Na quarta-feira à noite, na Avenida Júlio de Castilhos, o motociclista Everton Góes Silveira, de 23 anos, chocou-se contra um ônibus.
Desde o início de julho foram pelo menos sete casos de morte no trânsito, todos homens.

Leia Também