Quinta, 23 de Novembro de 2017

Trânsito da Capital vive tarde caótica

17 JUN 2010Por 06h:06
MICHELLE ROSSI

Oito veículos envolveram-se em acidente ontem, por volta das 14h, no Centro de Campo Grande. A Rua 13 de Maio, trecho compreendido entre a Rua 26 de Agosto e Avenida Fernando Corrêa da Costa, ficou interditada até as 16h. O acidente ainda resultou em três vítimas com ferimentos leves, encaminhadas aos postos de saúde dos bairros Guanandy e Tiradentes. Durante a interdição da via, o trânsito da região central transformou-se num caos, uma vez que os motoristas tiveram de passar por outras rotas.   
 
Vários populares aglomeraram-se no local para ver o estrago provocado em sete carros de passeio e uma motocicleta. De acordo com relato de testemunhas que passavam pela rua e também dos motoristas envolvidos no acidente, o Corolla preto, com placas de Campo Grande, seguia em alta velocidade na Rua 13 de Maio, mesmo com o semáforo vermelho, na confluência com a Fernando Corrêa. “Ele (o motorista) não freou em nenhum momento. Quando chegou perto do semáforo foi batendo nos carros e na moto”, contou Márcio Legal, motorista do Uno,  que também foi atingido.

Colisão
O primeiro carro a ser atingido pelo Corolla foi uma Pampa. Depois, houve uma sequência de batidas e foram atingidos os seguintes veículos: Gol, Celta, Fiesta, motocicleta Honda e, por fim, uma Saveiro, na qual o Corolla ficou atracado. Com exceção da moto, que tem placas de Bela Vista, todos os outros veículos envolvidos no acidente têm placas de Campo Grande.

Ficaram feridos na colisão o motorista do Corolla, Estevão Rocha dos Santos, o condutor da Saveiro, Marcelo Silva Felix e Jairo Silvio Casotti, que estava na motocicleta.

Causas
As causas do acidente ainda serão apuradas. Adriana Oliveira, esposa do motorista do Corolla, ficou surpresa ao ver o estrago e disse que não sabe o que pode ter acontecido.  “Ele estava trabalhando. Não sei o que aconteceu para o carro dele causar este estrago”, disse Adriana Oliveira.

Ela não descarta que o acidente possa ser resultado de falha mecânica no veículo e não soube informar se o Corolla tem seguro. Estevão não passou pelo teste do bafômetro, pois a Polícia Militar chegou ao local quando os bombeiros já haviam levado o motorista para a unidade de saúde. O Corolla e a Saveiro ficaram bastante danificados. Outros carros também tiveram diversos danos.

Leia Também